Prefeitura de João Pessoa (PB) anuncia reajuste na tarifa de ônibus

Publicado em: 24 de janeiro de 2020

Prefeitura prometeu renovar frota ainda neste ano. Foto: Divulgação.

Novos valores entram em vigor a partir de domingo

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de João Pessoa, na Paraíba, anunciou nesta sexta-feira, 24 de janeiro de 2020, que haverá um reajuste na tarifa de ônibus a partir de domingo, 26.

O preço da passagem para quem utiliza o Passe Legal, que atende aproximadamente 80% dos usuários de ônibus de João Pessoa, será reajustado para R$ 4,00.

Por sua vez, a tarifa para quem faz o pagamento em dinheiro será de R$ 4,15. Os valores foram definidos durante reunião do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana, ocorrida nesta sexta-feira (24), na Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana.

Segundo informações da Prefeitura, o reajuste teve por base a planilha de custos do transporte público, que recebe o impacto de itens como combustível, peças, pneus, quilometragem percorrida pela frota, além da previsão de reajuste salarial dos operadores em 2020.

A administração municipal informou ainda que o “desconto de R$ 0,15 no momento da recarga do cartão, em relação à tarifa tradicional, é um incentivo para aumentar a modernização e a fiscalização do sistema, evitando fraudes e reduzindo a circulação de dinheiro”.

ACESSIBILIDADE E RENOVAÇÃO DE FROTA

Nem todos os ônibus do município possuem acessibilidade para pessoas com deficiência. Contudo, após o anúncio do reajuste, a Prefeitura prometeu que até o fim do ano todos os veículos serão acessíveis.

“A previsão é de que novos veículos sejam incorporados à frota, cuja renovação ultrapassou a marca de 51% desde 2013. A partir de repasses da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), a administração garante o Passe-Livre para estudantes da rede municipal de ensino, com direito a pagar meia passagem. Outros 38.000 bilhetes também são oferecidos mensalmente ao total de pacientes com Aids que utilizam o sistema de transporte da Capital.”

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta