Pedido de restituição do DPVAT 2020 pago a mais já pode ser feito

Dois dias depois da solicitação, os proprietários devem começar a receber o dinheiro. Foto: Divulgação.

Motoristas enfrentam dificuldades para realizar solicitação

JESSICA MARQUES

Os proprietários de veículos que pagaram o seguro DPVAT pelos valores maiores já podem solicitar a restituição da diferença. Nesta quarta-feira, 15 de janeiro de 2020, a Seguradora Líder disponibilizou um requerimento online para o procedimento.

Para que a solicitação seja realizada, basta preencher um requerimento no site www.restituicao.dpvatsegurodotransito.com.br. Na tela principal, à esquerda, o motorista encontra o link “Informações sobre restituição do seguro DPVAT 2020 – Clique aqui”. Em seguida, aparece o formulário.

Entretanto, os motoristas enfrentam dificuldades para fazer a solicitação. Lentidão e erros ocorrem com frequência desde o início do dia.

Quando o procedimento não dá certo, aparece a mensagem “o pagamento efetuado não foi localizado”, “dados inconsistentes” ou “código de imagem errado”.
Após os problemas relatados, a Susep (Superintendência de Seguros Privados) criou um canal eletrônico para reclamações exclusivas sobre o pagamento da restituição do DPVAT.

Dois dias depois da solicitação, os proprietários devem começar a receber o dinheiro. É necessário ter em mãos os números do RENAVAM, dos documentos pessoais (como RG e CPF) e da conta bancária para o depósito.

Também será necessário informar o valor pago, data e o local do pagamento, além de um e-mail e número de telefone.

Valores a serem restituídos

Automóvel, táxi e carro de aluguel: quem pagou o DPVAT no valor de R$ 16,21 deverá receber R$ 10,98.

Ciclomotor: quem pagou o seguro obrigatório no valor de R$ 19,65 deverá receber R$ 13,98.

Caminhão: proprietários que efetuaram o pagamento de R$ 16,77 serão restituídos em R$ 10,99.

Ônibus e micro-ônibus (sem frete): motoristas que pagaram a guia no valor de R$ 25,08 vão receber R$ 16,97 de volta.

Ônibus e micro-ônibus (com frete): quem pagou R$ 37,90 poderá ter de volta R$ 27,33.

Moto: motociclistas que pagaram o DPVAT de R$ 84,58 poderão receber R$ 72,28.

O site da Seguradora Líder receberá somente os pedidos de restituição da diferença referente ao DPVAT 2020, ou seja, não atenderá solicitações de proprietários que tenham pago o seguro duas ou mais vezes.

Nesse caso, segundo informações da seguradora, será necessário solicitar a devolução da quantia paga a mais pelo endereço https://www.seguradoralider.com.br/Contato/Duvidas-Reclamacoes-e-Sugestoes.

Por sua vez, proprietários de frotas de veículos devem enviar um e-mail para restituicao.dpvat@seguradoralider.com.br.

MUDANÇAS

Como mostrou o Diário do Transporte, na quinta-feira, 09 de janeiro de 2020, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, atendeu recurso da AGU – Advocacia Geral da União e reviu a própria liminar concedida no último dia 31 que suspendida a redução no valor do DPVAT – Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres.

Assim, voltam a vigorar os valores menores como queria a equipe do presidente Jair Bolsonaro.

Na decisão anterior, Toffoli havia atendido a Líder, consórcio de seguradoras que operam o DPVAT.

Relembre a decisão:

https://diariodotransporte.com.br/2020/01/09/toffoli-reverte-a-propria-decisao-e-dpvat-sera-mais-barato-como-queria-bolsonaro/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta