Prefeitura de São Caetano do Sul cria faixa exclusiva para ônibus e caminhões

Não foram divulgados impactos da medida para o transporte coletivo. Foto: Divulgação.

Veículos pesados vão compartilhar trecho da Rua Amazonas, com objetivo de agilizar tráfego de automóveis

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de São Caetano do Sul, no ABC Paulista, está criando uma faixa exclusiva para ônibus e caminhões no início da Rua Amazonas. Quando estiver pronta, veículos pesados vão compartilhar um trecho da via, com o objetivo de agilizar o tráfego de automóveis.

A intervenção está sendo feita por meio da Semob (Secretaria de Mobilidade Urbana), com a criação de um recuo de cerca de 1,5 metro no raio de curvatura do lado direito da Rua Amazonas, na entrada da empresa Vigor.

Pelo local, circulam pelo menos 13 linhas de ônibus, que passam pela via em direção à estação de trem e ao Terminal Rodoviário Intermunicipal e Interestadual José Pedrossiani.

thumbnail_Vigor.3 (002).jpg

Segundo informações da Prefeitura, a ideia surgiu de um levantamento feito pelos próprios agentes de trânsito, que diariamente acompanham a entrada e saída da empresa de caminhões do Brasil todo.

“O prefeito José Auricchio Júnior solicitou que encontrássemos uma alternativa de amenizar o trânsito no local, principalmente nas horas de pico da manhã e da tarde”, disse o secretário da Semob, Geová Maria Faria.

Segundo o diretor de Trânsito da Semob, Marcelo Ferreira de Souza, o recuo dará mais agilidade ao tráfego de veículos na região.

“Muitas das vezes, os caminhões tinham de estacionar na pista central para conseguir entrar sem ter de realizar manobras. Isso não será mais problema, pois os caminhões virão pela faixa exclusiva e com o recuo eles poderão entrar de forma direta, sem prejudicar o trânsito”, disse também, sem mencionar os impactos da mudança para o transporte coletivo.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. É raro, hoje em dia, industrias em centros de cidades,,e SC tem além da Vigor, tem a GM, conheço bem essa área, virava estomago o cheiro da soja, em 74

  2. X- disse:

    Pode ser que sim, pode ser que não, mas o mais provável é quem sabe!

  3. Ileane disse:

    Ué, mas já existe uma faixa exclusiva de ônibus. Para quem passa ali, fica claro que quando o caminhão fica parado na rua, é pq está esperando autorização….

    1. Bell disse:

      Sim, não vai mudar nada. Eles vão continuar parando esperando a autorização e o portão abrir e os ônibus não poderão passar kkkk

  4. Wilson Roberto Franchi disse:

    Um absurdo. Estão gastando dinheiro público para tratar de uma ineficiência da diretoria da VIGOR. A empresa tem um pateo interno que pode receber os caminhões de imediato evitando o bloqueio da via e na sequência fazer a triagem interna. Ao invés da prefeitura notificar a empresa para mudar seus processos e evitar o bloqueio da via, ela fará uso indevido do dinheiro público para beneficiar a empresa. Essa é a gestão do atual prefeito.

  5. Adilson disse:

    Ótima obra mas pena que a semob não age corretamente pois numa travessa da Av Goiás esquina com o bar zangão foi feito um palanque na rua utilizando 2 faixas de zona azul as quais fazem falta para os motoristas que precisão estacionar ali e pagão a zona azul
    Será que o estabelecimento vem pagando todas as zonas azul que ela utiliza pois são 10 horas por dia e se um veículo fica parado por mais de 2 horas ele é multado mesmo tendo trocado a folha fora outros problemas como veículos parados em frente entrada de carros de condomíno como o que moro esquina da Manoel com Goiás e os veículos da semob passam e fazem de conta que não viu e muitas vezes mesmo os próprios agentes param na frente para ir tomar um cafezinho de graça no bar do Coelho isto é vergonhoso espero que essa nova administração que vem aí retire estes funcionários incompetentes e coloquem funcionários disposto a ver o bem estar dos seus cidadoes afinal somos nos que pagamos seus pagamentos
    Tenho vergonha de falar que são Caetano e uma cidade boa cheio de mentiras que a mídia não fala

  6. Sam disse:

    Isso é pura lavagem de dinheiro mais nada,pois é nós povo trabalhador que pagamos mesmo.

Deixe uma resposta