Prefeitura de SP rescinde contrato de obras do Corredor Leste Itaquera

Publicado em: 9 de janeiro de 2020

Corredor de ônibus da avenida Líder, na zona leste, está com as obras concluídas. O trecho de 1,8 km integra o Corredor Leste Itaquera. Foto: Prefeitura de SP

Contrato assinado em 2013 tem valor total de R$ 150 milhões

ALEXANDRE PELEGI

A São Paulo Obras (SPObras), vinculada à Secretaria de Infraestrutura e Obras da prefeitura de São Paulo, decidiu romper unilateralmente o contrato para execução das obras do Empreendimento 4 – Corredor Leste – Itaquera, integrante do Programa de Mobilidade Urbana.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do município desta quinta-feira, 09 de janeiro de 2020.

corredor leste itaquera

O contrato foi assinado em 2013 com o Consórcio SP-CORREDORES, constituído pelas empresas Carioca Christiani Nielsen Engenharia e Heleno & Fonseca Construtécnica S/A.

De acordo com a publicação, a rescisão do contrato não afasta os procedimentos necessários à apuração da viabilidade de aplicação de demais penalidades previstas “diante das irregularidades constatadas na execução de seu objeto”.

Com extensão de 14 km, o corredor compreende o trecho da Avenida Itaquera, partindo do Terminal Carrão, continuando pela Avenida Líder e voltando para a Avenida Itaquera até a Estação de Transferência da Jacu Pêssego.

O Contrato de número 045/2013 previa que o corredor faria integração com os Terminais de Ônibus da Vila Carrão e o Terminal Estação Itaquera (Linha 3 Metrô / Linha 11 CPTM).

O contrato previa ainda a construção de dois Viadutos, dentre eles um na Avenida Aricanduva sobre Avenida Itaquera.

O valor total do termo assinado foi de R$ R$ 150.406.618,68.

O corredor Leste Itaquera está no plano de implantação de 72 km de corredores apresentado pela prefeitura, com previsão de conclusão até 2020.

Apresentado em 2012, o corredor deveria ter sido concluído, de acordo com a primeira promessa da prefeitura, em 2014.

Em 2016, foi entregue o trecho de 1,8 quilômetro de extensão na Avenida Líder, entre a rua Diogo de Souza e a avenida Itaquera, no sentido centro, e entre a rua Manuel Cardoso e a praça Dr. Francisco Munhoz Filho, no sentido bairro.

corredor_leste_itaquera.png

Em 2016 a prefeitura publicou em seu site que as obras do corredor Leste Itaquera iriam melhorar o acesso ao Polo Institucional de Itaquera, estabelecendo a conexão com os terminais Vila Carrão e Itaquera e com a estação Itaquera (linha 3 vermelha do Metrô e linha 11 CPTM). O projeto prevê ainda a implantação de viadutos no cruzamento da avenida Itaquera com avenida Aricanduva, para obter maior fluidez neste trecho.

Segundo a prefeitura de São Paulo, a obra recebe investimentos de R$ 75 milhões da Prefeitura de São Paulo e de R$ 150 milhões do governo federal.

Conforme o site da SPObras, o Contrato do Corredor recebeu 6 aditamentos:

adita

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Roberson disse:

    Cancelou para contratar um consórcio parceiro da dupla doria/covas

    1. Claudinei Jorge Laurindo disse:

      Não amlgo já fazem uns dez anoos que estão construindo e não tem 1 metro pronto

  2. Antonio palacio disse:

    Pelo que se fala aqui na região, a empresa não estava recebendo da prefeitura, então parou.
    Obras mal feitas, pontos complicados não tiveram solução, obra abandonada, desvios de tráfego mal sinalizados. Grande problemão para a região.

  3. Alfredo disse:

    Uma obra inútil, não há tantas linhas que justifiquem o investimento , corredores são necessários na Radial e Avenida São Miguel, herança maldita do PT de Haddad, que Doria e Covas nada fizeram para terminar, PSDB e PT são iguais em incompetência

  4. Alfredo disse:

    Uma ressalva: O viaduto no cruzamento da Itaquera com Aricanduva é muito necessário, mas essa administração não o fará, nem os buracos da faixa de ônibus eles arrumam

  5. Wilson Diorato de Souto disse:

    Moro a menos de 1km do corredor, é uma vergonha, foi até bem construído, pontos instalados, mas nunca usado. Está abandonado, sem uso, sendo usado por moradores de rua. Ao menos o trecho entre a Av. Líder e terminal Carrão dava pra ser utilizado, mas a Prefeitura não tem vontade de fazer a coisa funcionar. Dinheiro jogado fora.

  6. Ana disse:

    Na Avenida Itaquera, entre a Av Líder e Av. Miguel Inácio Curi eles deixaram a entrada para a boca de lobo muito pequena e algumas até quase sem entrada o que agora ocasiona alagamento em frente a Caixa Econômica Federal.

Deixe uma resposta