Integração entre ônibus e barca começa a valer a partir de 27 de dezembro em Niterói (RJ)

A medida vale para quem usa o Bilhete Único. Foto: Divulgação.

Desconto será de até R$ 4 para o passageiro

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Niterói, no Rio de Janeiro, informou que a partir de 27 de dezembro de 2019 entra em vigor o desconto de até R$ 4 para o passageiro que pegar um ônibus municipal e a barca.

A integração aquaviária de Niterói custará R$ 6,35 para quem pega ônibus e barca e R$ 17,65 para quem opta por usar o coletivo e o catamarã de Charitas. A medida vale para quem usa o Bilhete Único.

A data foi definida após a aprovação por unanimidade da lei pela Câmara de Vereadores de Niterói. Inicialmente, a integração valeria a partir de 1º de dezembro, mas a medida foi adiada.

Relembre:Integração entre ônibus municipal e barca para Niterói (RJ) terá desconto a partir de dezembro

O desconto foi anunciado no dia 21 de novembro, pelo prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, e o governador Wilson Witzel.

“A iniciativa teve que ser discutida em audiência pública e votada em plenário pelos vereadores de Niterói. Por isso, não entrou em vigor imediatamente. Também foi preciso um prazo para que os operadores do sistema de bilhetagem eletrônica nos transportes públicos pudessem fazer os ajustes necessários”, justificou a Prefeitura, em nota.

NOVOS VALORES

Atualmente, os passageiros pegam o ônibus municipal e a barca na Praça Arariboia e não têm direito ao desconto no Bilhete Único, pagam R$ 10,35. Com o novo subsídio da Prefeitura, o valor da viagem terá desconto de R$ 4,00, totalizando R$ 6,35.

A integração também será válida para quem fizer a integração do ônibus municipal com o catamarã de Charitas, linha seletiva em que não há desconto no Bilhete Único.

Quem paga atualmente R$ 21,65 (R$ 4,05 do ônibus municipal mais R$ 17,60 do catamarã) desembolsará R$ 17,65, garantindo desconto de R$ 4, segundo a Prefeitura.

Por sua vez, quem já usufrui do desconto do Bilhete Único intermunicipal na integração de ônibus municipal e barcas na Praça Arariboia e, atualmente, paga R$ 8,55 na viagem, também terá o custo reduzido para R$ 6,35.

“Esta iniciativa na área da mobilidade urbana trará um grande avanço para Niterói. Nos últimos anos fizemos investimentos robustos em mobilidade, como a abertura do túnel Charitas-Cafubá, a TransOceânica, o mergulhão da Praça Renascença, entre outras. Faltava essa integração entre ônibus e barcas com um preço mais acessível para o trabalhador “, disse o prefeito Rodrigo Neves.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Sandra Vargas disse:

    Lembro-me, há tempos atrás, em uma reunião na AABB de Piratininga com representantes do atual prefeito de Niterói para apresentarem o projeto do Túnel que nos foi dito que o catamarã teria um preço reduzido para atender a população da Região Oceânica e até agora, nada!

    1. Luiz Orlando Cardoso Correa disse:

      A tarifa social do catamarã e lei só que o governo não consegui fazer a ccr barcas cumprir a lei

  2. Luiz Claudio disse:

    Bilhete único e passagens do catamarã a 17,65 não bate. Dificilmente quem preenche os requisitos de BU receberá o suficiente em VT para pegar o catamarã e continuará tendo que pegar as barcas. Me parece um engodo já que não se consegue baixar o preço do catamarã.

  3. Nilson disse:

    Lembrando que NADA É DE GRAÇA, e que a diferença no preço da passagem sai dos impostos que os cidadãos pagam, espera-se que esta cortesia as vésperas das eleições municipais não afete os demais serviços municipais como atendimento médico e limpeza urbana.

Deixe uma resposta