Região Metropolitana de Curitiba recebe 22 ônibus novos, sendo cinco com duas catracas

Investimento por parte das empresas permissionárias do serviço é de R$ 9,5 milhões. Fotos: Divulgação / Comec.

Veículos atenderão cidades de Pinhais, Itaperuçu, Rio Branco do Sul, Quatro Barras, Campina Grande do Sul, Almirante Tamandaré, Campo Largo e Piraquara

JESSICA MARQUES

A Região Metropolitana de Curitiba, no Paraná, recebeu nesta semana 22 ônibus novos, sendo cinco com duas catracas. Os veículos atenderão as cidades de Pinhais, Itaperuçu, Rio Branco do Sul, Quatro Barras, Campina Grande do Sul, Almirante Tamandaré, Campo Largo e Piraquara

Os veículos foram entregues pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior nesta quarta-feira, 18 de dezembro de 2019, durante evento no Parque Barigui, em Curitiba.

normal_JAJA0170_cpia.jpg

Segundo informações da Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba), são 16 veículos com modelo comum, dois multimodal, dois ligeirinho e dois articulados. O investimento por parte das empresas permissionárias do serviço é de R$ 9,5 milhões.

Com as novas aquisições, a Comec informou que totaliza 66 veículos entregues apenas em 2019, representando investimento de R$ 32 milhões.

DUAS CATRACAS

normal__MG_5383.jpg

Segundo o presidente da Comec, Gilson Santos, entre os 22 novos ônibus estão cinco veículos que farão a linha D61-Piraquara/Santos Andrade, que possuem duas catracas para embarque, separando os usuários pela forma de pagamento: dinheiro ou cartão transporte.

“A novidade vai se refletir em menos fila para o embarque, menos tempo de espera e mais qualidade e conforto”, disse Santos. “Quem está com cartão não precisa ficar na fila, esperando quem vai pagar com dinheiro”.

A ação ainda possui caráter experimental, mas poderá ser replicada para outras linhas do sistema.

NOVOS TERMINAIS

A Comec informou ainda que está licitando os projetos executivos para construção dos novos terminais de ônibus de Piraquara e São José dos Pinhais.

A expectativa é que o processo e a entrega dos projetos seja finalizada já no primeiro semestre de 2020, possibilitando a contratação das obras até o final do próximo ano. Os investimentos nos dois terminais deverão somar cerca de R$ 13 milhões.

NOVOS ABRIGOS

Outro processo de licitação coordenado pela Comec prevê a entrega de 660 novos abrigos para pontos de ônibus em municípios da Região Metropolitana de Curitiba. O investimento é de cerca de R$ 4 milhões. No início de 2019, a Comec entregou 343 novos abrigos.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Mariana Likoski Pereira disse:

    Tudo bem ter duas catracas. Porem, existe fila exatamente para ninguém passar na frente de ninguém. Qdo uma pessoa para na catraca para pagar isso evita q outras pessoas q estao atrás desta q está paga do com dinheiro, ” passe” na frente dela.
    Entao não acho.muito justo. Visto q a gente fica esperando vários onibus muitas vezes para vir sentado. E enquanto a passagem é paga em
    dinheiro…as outras pessoas passaram muito mais rapido pela catraca. E conseguiram lugares, e a pessoa q ficou na fila muito antes… Talvez nao consiga pelo simples fato q ficou parada na catraca esperando o troco.

Deixe uma resposta