Metrô de São Paulo cede espaço para conscientização sobre Leptospirose

Publicado em: 15 de dezembro de 2019

Passageiros da Estação Luz, na linha 1-Azul, poderão saber mais sobre a origem, transmissão, sintomas, prevenção e tratamento da doença. Foto: Divulgação.

Ação é realizada em parceria com a USP até janeiro de 2020

JESSICA MARQUES

O Metrô de São Paulo informou, em nota, que cedeu um espaço para uma campanha de conscientização sobre Leptospirose. A ação está sendo realizada em parceria com a USP (Universidade de São Paulo) e vai até 15 de janeiro de 2020.

Neste período, os passageiros da Estação Luz, na linha 1-Azul, poderão saber mais sobre a origem, transmissão, sintomas, prevenção e tratamento da Leptospirose, doença com taxa de mortalidade de 40% nos casos mais graves.

A exposição está disposta no piso do corredor de conexão com a linha 4-Amarela e a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

“São 11 cartazes em sequência explicando também o porquê da importância de se conscientizar sobre a Leptospirose nessa época do ano: os meses de dezembro, janeiro, fevereiro e março são os mais chuvosos, e as enchentes favorecem a transmissão da bactéria. Além disso, São Paulo é o estado brasileiro com maior registro da doença”, informou o Metrô.

A iniciativa é organizada pelo Instituto de Ciências Biomédicas da USP em parceria com a Prof.ª Dr.ª Lourdes Isaac, docente do Departamento de Imunologia.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta