São Sebastião do Paraíso (MG) abre licitação para elaboração de edital do sistema de transporte coletivo

Publicado em: 14 de dezembro de 2019

Foto: prefeitura de São Sebastião do Paraíso

Empresa de consultoria deverá elaborar projeto que resultará em minuta de edital, minuta de contrato e acompanhamento de procedimento licitatório

ALEXANDRE PELEGI

São Sebastião do Paraíso, município do estado de Minas Gerais com 70 mil habitantes, lançou edital de licitação para contratar empresa de consultoria para elaborar a estruturação do Sistema Integrado de Transporte Público Coletivo de Passageiros.

A empresa selecionada deverá elaborar projeto que resultará em uma minuta de edital, minuta de contrato e acompanhamento de procedimento licitatório.

A licitação será do tipo técnica e preço, e os envelopes com documentação de habilitação, Proposta Técnica e Proposta Financeira serão abertos no dia 09 de Janeiro de 2020, às 09:00 horas.

A íntegra do Edital pode ser obtida através do site www.ssparaiso.mg.gov.br.

O prazo para a execução dos serviços é de 4 meses, podendo ser prorrogado a critério da Administração.

O preço máximo a ser pago pela prefeitura é de R$ 189.417,18.

O atual Sistema de Transporte Coletivo Público de Passageiros de São Sebastião do Paraíso é composto por 07 linhas urbanas e 02 linhas rurais.

O Lote Urbano transporta 101.953 passageiros ao mês, dos quais 89.705 pagam efetivamente a tarifa. Tem uma frota de 12 ônibus, incluídos aí dois veículos reservas.

Já o Lote Rural tem 7.200 passageiros ao mês, e todos pagam a tarifa integral. A frota total é de apenas 3 ônibus, sendo 1 reserva operacional.

A empresa responsável pelo transporte local é a Viação Cidade dos Ipês, empresa do Grupo JN Empreendimentos, com sede na cidade de Leopoldina/MG. Ela atualmente opera em caráter de emergência. A empresa assumiu a concessão em 19 de dezembro de 2010, com prazo de 5 anos.

O valor atual da tarifa é de R$ 3,45 para a linha urbana e R$ 5,75 para a linha rural.

O Edital pode ser obtido no link: Edital de São Sebastião do Paraíso

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta