Sest Senat abre 1.340 vagas para qualificação de cobradores de ônibus como motoristas

Publicado em: 8 de dezembro de 2019

Inscrições vão até 06 de janeiro de 2020. Foto: Divulgação.

Oportunidades estão disponíveis em 15 unidades operacionais em todo o país

JESSICA MARQUES

O Sest Senat (Serviço Social do Transporte / Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) está com 1.340 vagas para qualificação de cobradores de ônibus que desejam trabalhar como motoristas profissionais.

O projeto Qualificação Profissional para Cobrador no Transporte Coletivo de Passageiros está na segunda etapa nacional com a publicação do edital nº 02/2019.

As inscrições começaram às 10h do dia 20 de novembro de 2019 e terminam às 23h59 em 6 de janeiro de 2020. Os cursos são oferecidos de forma gratuita aos cobradores.

“O objetivo é qualificá-los diante das constantes transformações e demandas do mercado de trabalho; dessa forma, o projeto contribui para a empregabilidade, principalmente frente à crescente adoção da bilhetagem eletrônica nos ônibus urbanos”, informou o Sest Senat, em nota.

Nesta segunda etapa, a formação será oferecida em 15 Unidades Operacionais do SEST SENAT, localizadas nas cidades de:

  • Simões Filho/BA (100 vagas),
  • Luziânia/GO (30 vagas),
  • Cariacica/ES (350 vagas),
  • Belo Horizonte/MG (50 vagas),
  • Vale do Aço/MG (50 vagas),
  • Montes Claros/MG (50 vagas),
  • Manaus/AM (150 vagas),
  • Teresina/PI (30 vagas),
  • São Luís/MA (100 vagas),
  • Maceió/AL (120 vagas),
  • Taubaté/SP (50 vagas),
  • Blumenau/SC (20 vagas),
  • Florianópolis/SC (100 vagas),
  • Foz do Iguaçu/PR (40 vagas),
  • Curitiba/PR (100 vagas).

Segundo o edital, o projeto oferece:

– Mudança da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) da categoria B para D;
– Curso Especializado para Condutores de Veículos de Transporte Coletivo de Passageiros (50 horas);
– Aperfeiçoamento de motorista para o transporte de passageiros com treinamento prático no Simulador de Direção (22 horas).

As duas capacitações serão realizadas presencialmente nas unidades operacionais do Sest Senat.

Confira abaixo os requisitos para participar:

– Comprovar vínculo empregatício na função de cobrador de ônibus;
– Possuir CPF;
– Enquadrar-se às regras do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) no que se refere aos requisitos de tempo para a mudança de categoria da CNH;
– A empresa em que trabalha deve estar com o cadastro regularizado junto ao SEST SENAT;
– O transporte deve ser a atividade econômica principal da empresa, que precisa atuar no transporte coletivo urbano de passageiros.

→ Clique aqui para consultar o CNPJ da empresa e a situação cadastral junto ao SEST SENAT.

Se o cadastro não estiver regularizado, a orientação é entrar em contato com a unidade do Sest Senat em sua cidade ou diretamente com o RH da empresa.

ETAPAS ANTERIORES

A primeira etapa foi lançada em fevereiro de 2019 para 46 unidades operacionais do SEST SENAT. Já o projeto-piloto, realizado, em 2018, começou com sete unidades. Até agora, mais de 3,7 mil cobradores já foram contemplados pelo projeto Qualificação de Cobradores.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/02/06/sest-senat-vai-abrir-vagas-para-capacitacao-de-cobradores-de-onibus-que-querem-ser-motoristas/

Confira o edital, na íntegra:

3f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-013f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-023f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-033f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-043f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-053f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-063f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-073f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-083f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-093f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-103f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-113f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-123f9c3f03-f028-409c-b85d-f72b47c98e77-13

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. Rodrigo Zika! disse:

    Os cobradores alguns não aproveitam essa oportunidade pra sair da função que vai morrer no máximo em 10 anos no Brasil, depois querem fazer greve quando o poder publico quer tirar cobradores em linhas que não precisam em situações específicas.

  2. José Orivan disse:

    quem banca essa entidade cabide de empregos são os caminhoneiros autônomos. que tem uma porcentagem descontado de seu frete bruto. covardia demais. e se quizermos fazer um curso temos que pagar. isso tudo que vcs postaram é mentira. vcs pegam nosso dinheiro sem nossa autorização. vcs sabem o nome disso?

  3. Raimundo disse:

    Porque só cobrador, porque não dá oportunidade pra motorista de Caminhão?

Deixe uma resposta