Prefeitura de São Paulo promove audiência pública para apresentar propostas de implantação de faixas de ônibus na zona sul

Publicado em: 18 de novembro de 2019

Outras audiências serão realizadas sobre o assunto na capital paulista. Foto: Sidnei Santos / SPTrans.

Encontro com a população será realizado no Campo Limpo

JESSICA MARQUES

No mês de novembro, a Prefeitura de São Paulo vai realizar audiências públicas para apresentar a proposta de implantação de 38 quilômetros de novas faixas exclusivas de ônibus em todas as regiões da cidade.

Os encontros serão promovidos por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes (SMT), da São Paulo Transporte (SPTrans) e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

“Esta é a primeira vez que a população de São Paulo é ouvida sobre a implantação de faixas de ônibus de forma ampla e participativa”, informou a Prefeitura, em nota.

No início do mês, o Diário do Transporte noticiou que a gestão Bruno Covas iria realizar audiências públicas para colher sugestões para a implantação de novas faixas de ônibus na cidade.

Relembre: Prefeitura de São Paulo vai realizar audiências públicas para implantação de novas faixas de ônibus

CAMPO LIMPO

Nesta segunda-feira, 18 de novembro, a audiência será no Campo Limpo (zona sul) e as próximas serão realizadas nas subprefeituras do Butantã (zona oeste) e de Pirituba (zona norte), sempre das 19h30 às 21h30.

A primeira foi na Subprefeitura da Vila Prudente, onde foi discutida a implantação das faixas em vias do centro e da zona leste, no dia 13 de novembro.

“Dessa forma, a população será ouvida pela Prefeitura para definir quais as vias que receberão sinalização para privilegiar o transporte coletivo. As faixas exclusivas de ônibus facilitam a mobilidade numa cidade complexa como São Paulo ao dar preferência ao transporte utilizado pela maioria da população. Ao mesmo tempo, garante o fluxo dos demais veículos pelas outras faixas, além de não exigir a necessidade de desapropriações ou grandes obras.”

Segundo a Prefeitura, para indicar as vias que irão receber as faixas, foram feitos estudos das equipes técnicas da SPTrans levando em conta, além da demanda, critérios como “ser utilizada por ao menos 40 ônibus por hora; ter média de velocidade dos ônibus inferior a 12 km/h; ter ao menos 6 metros de largura em cada sentido; preferencialmente ser uma via que complemente ou dê continuidade a faixas e corredores já existentes.”

O plano tem como objetivo implantar novas faixas exclusivas nas regiões norte, leste, sul, oeste e central. Ao todo, cerca de 320 mil passageiros por dia serão beneficiados com a mudança na cidade, sendo 79.200 na região central, 43.500 na zona norte, 31.800 na região leste, 73.700 na zona sul e 91.800 na oeste.

Com mais esses 38 quilômetros, a capital passará dos atuais 512 km para 550 km de faixas exclusivas para ônibus. A capital conta também com 144 km de corredores exclusivos para ônibus, dos quais 129 km foram implantados pela Prefeitura e 15 km pelo Governo Estadual.

As propostas são para as seguintes vias:

Centro

Rua da Cantareira

Rua Conselheiro Furtado
Rua São Caetano / Rua Monsenhor Andrade
Rua Oriente
Rua Barão de Ladário
Rua Miller
Largo da Concórdia / Viaduto do Gasômetro
Rua do Gasômetro

Norte

Avenida Deputado Cantídio Sampaio

Avenida Fiorelli Peccicaco

Avenida Raimundo Pereira de Magalhães

Avenida Mutinga

Leste

Rua São Teodoro

Avenida Pires do Rio

Avenida Sapopemba

Avenida Luiz Ferreira da Silva (binário com a Av. Sapopemba)

Sul

Avenida Yervant Kissajikian

Avenida Carlos Lacerda

Estrada das Lágrimas e ruas Alencar Araripe e Caripurá

(implantação de mão única / binário)

Rua Salvador Simões

Rua Gentil de Moura

Oeste

Avenida Ministro Laudo Ferreira de Camargo

Avenida Luciano Laurana

Rua Sumidouro

Confira o calendário das próximas audiências:

Sul

Quando: 18 de novembro

Onde: Subprefeitura do Campo Limpo

Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, nº 59 – Campo Limpo

Oeste

Quando: 21 de novembro

Onde: Subprefeitura do Butantã

Rua Dr. Ulpiano da Costa Manso, nº 201 – Jardim Peri Peri

Norte

Quando: 22 de novembro

Onde: Subprefeitura de Pirituba

Rua Luís Carneiro, nº 193 – Vila Barreto

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

    As referidas vias acima colocadas como “ZONA NORTE” nao sao nessa região… e sim na Zona Noroeste – Área 01 ! A Zona Norte – Área 02, está defazada demais neste quesito ” FAIXAS PARA ONIBUS” ! como de costume …! E “racha” com a Area 1 o Corredor Inajar de Souza / Centro… a Zona Norte – Área 2 sempre se lasca ! CADÊ OS VEREADORES DA REGIÃO DA CACHOERINHA AO JAÇANÃ??? CADÊ OS VEREADORES DO BAIRRO DO LIMÃO A VILA MARIA ??? CADÊ OS DITOS “CANDIDATOS DO BAIRRO ” nessas horas …????!! CADE OS “LIDERES COMUNITÁRIOS ” … Beberroes de cerveja e comedores de churrasco!
    AREA 2… Sempre deixada de lado! Parece que so as Zonas Noroeste, Oeste, Sudoeste, Sul, Nordeste , Leste e Sudeste … e o Centro é que tem problemas ! A Norte. .. ” Tudo SUAVE!!!” …SQN! PREFEITURA… ESQUEÇAM DE NÓS TAMBEM NA HORA DE COBRAR O IPTU E ETC . … OK!

  2. Marcos Borges disse:

    Dessas ruas eu conheço bem a AVENIDA Yervant Kissajikian. Será que nela a faixa daria certo?Ela é muito.estreita.A não ser se derepente fosse feito igual a Estrada do Alvarenga que foi alargada em certos pontos pra que fosse colocada a faixa.Mas tem um outro problema na Yervant:muitos carros ficam estacionados nas laterais dela e nos 2 sentidos(Centro e Bairro) o que torna pior ainda a circulação de ônibus e carros. É vamos ver se vai pra frente essa sugestão. Agora que o tráfego de veículos nessa Avenida é péssimo é péssimo. Agora engraçado:Essa administração atual quando eles estavam como candidatos eles mataram o pau nas faixas.Agora tão querendo implantar também? E os militares de corredores de ônibus prometidos?HEIN?HEIN?

  3. erivan carvalho disse:

    com certeza a yervant precisa é um caos

Deixe uma resposta