Governador do Rio de Janeiro promete aumentar viagens de metrô e ônibus para compensar problemas da SuperVia

Publicado em: 18 de novembro de 2019

Nesta segunda, 40 trens chineses foram retirados de circulação por problemas na caixa de tração

Redação

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou nesta segunda-feira, 18 de novembro de 2019, que determinou ao secretário de Transportes o aumento dos trens no metrô e de ônibus intermunicipais para compensar problemas com a SuperVia.

“Nós também fomos pegos de surpresa. A Agetransp vai avaliar e, se for o caso, multar e determinar que a SuperVia tome maiores providências. De minha parte, já conversei com o secretário de Transportes para aumentar a oferta de metrô e ônibus intermunicipais a fim de suprir eventual déficit da SuperVia”, disse Witzel.

“É outra herança maldita. A SuperVia, que é uma empresa privada, comprou esses trens que agora aparecem com problemas. Eu determinei o aumento da oferta de metrô e de ônibus para suprir o déficit da SuperVia. Pode ser que a concessionária tenha sido enganada. E uma questão de se apurar. Mas torço para que o problema seja resolvido o mais rapidamente possível”, completou.

Em nota divulgada na noite deste domingo, 17 de novembro de 2019, a SuperVia, companhia operadora de transporte ferroviário do Rio de Janeiro, informou a retirada de circulação de 40 trens de fabricação chinesa a partir desta segunda.

A concessionária do sistema de trens informou que a medida visa garantir a segurança da operação e atende à recomendação da fabricante CRRC (China Railway Construction Corporation), um dos 50 maiores grupos empresarias do mundo.

O motivo é que foram detectados problemas em série nas caixas de tração (engrenagem que transmite energia do motor para eixo e rodas), ainda em fase de garantia de fábrica”, afirma a nota da empresa.

Relembre: Supervia retira 40 trens chineses de circulação por problemas nas caixas de tração

Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta