Micro-ônibus autônomos e elétricos da Toyota vão transportar atletas durante Jogos Olímpicos 2020

Publicado em: 10 de novembro de 2019

E-Palette possui um sistema que alerta pedestres e emite avisos indicando qual será a próxima manobra feita pelo veículo. Foto: Divulgação.

Evento será realizado em Tóquio, no Japão

JESSICA MARQUES

A Toyota divulgou à imprensa internacional que dezenas de micro-ônibus autônomos e elétricos da marca vão transportar atletas durante os Jogos Olímpicos 2020. O evento será realizado em Tóquio, no Japão.

O veículo, chamado e-Palette, tem um comprimento de um carro de passeio e formato quadrado. A capacidade de transporte será de 20 passageiros, com quatro áreas para pessoas com deficiência que fazem uso de cadeira de rodas.

A autonomia do veículo é de pouco menos de 100 milhas, o equivalente a 160 quilômetros. Por sua vez, a velocidade de transporte será de no máximo 19 km/h na Vila Olímpica de Tóquio.

O E-Palette possui um sistema que alerta pedestres e emite avisos indicando qual será a próxima manobra feita pelo veículo. Aproximadamente 20 micro-ônibus do modelo serão testados durante a Olimpíada.

O veículo possui nível 4 na escala SAE (Sociedade dos Engenheiros Automotivos). Isso significa que a automação é alta, portanto sensores devem ser capazes de identificar obstáculos de maneira completa.

Apesar do índice, funcionários vão monitorar toda a operação e estarão disponíveis para intervir caso ocorra algum problema.

Além de testar o veículo nos Jogos Olímpicos, a Toyota também deve levar os micro-ônibus às rodovias em 2020. O projeto do e-Palette é uma iniciativa da fabricante com outras cinco empresas de diferentes segmentos do mercado: a Amazon, a empresa chinesa de transporte de pessoas Didi Chuxing Technology, a Pizza Hut, a Mazda e a Uber.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. Rodrigo Zika! disse:

    No Brasil isso e um sonho.

Deixe uma resposta