Expresso Turístico de Paranapiacaba ainda está com vagas abertas para fim do ano

Publicado em: 10 de novembro de 2019

Locomotiva a diesel, modelo Alco RS-3 de 1952. Foto: Divulgação.

Segundo a CPTM, interessados podem comprar passagens para o mês de dezembro

JESSICA MARQUES

Quem sempre quis fazer um passeio de trem em Paranapiacaba, vila inglesa localizada em Santo André, no ABC Paulista, terá a oportunidade de embarcar em uma locomotiva a diesel, modelo Alco RS-3 de 1952 no fim do ano.

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) informou, por meio de nota, que ainda há vagas abertas para o Expresso Turístico de Paranapiacaba. Os interessados já podem comprar passagens para o mês de dezembro.

Aos sábados e domingos, a Companhia realiza viagens nesta locomotiva a diesel, modelo Alco RS-3 de 1952, até a vila histórica. Em Paranapiacaba, além da arquitetura, o visitante também poderá conhecer um pouco da história e da expansão da ferrovia brasileira.

Para dezembro, as vagas disponíveis para o Expresso Paranapiacaba são nos dias 22, 28 e 29. O Expresso Turístico também oferece viagens para Jundiaí, em que o público pode garantir alguns lugares na viagem do dia 07.

JANEIRO

Contudo, quem não conseguir uma poltrona nas férias de dezembro, ainda terá a chance de viajar no Expresso Turístico do mês de janeiro.

O calendário dos passeios para o começo de 2020 começará a ser aberto a partir da próxima semana. Por isso, fique atento às datas e programe sua viagem com antecedência.

As datas e as vagas podem ser consultadas no site http://www.cptm.sp.gov.br/sua-viagem/ExpressoTuristico/Pages/Vagas-e-Calendario.aspx

galeria8-1-1024x683.jpg

PARANAPIACABA

Na vila inglesa, é possível visitar a Igreja de Bom Jesus, datada de 1889, a segunda locomotiva mais antiga do Brasil, que integra o acervo da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), além de diversos pontos turísticos e históricos.

Para os aventureiros, Paranapiacaba também é conhecida por suas famosas trilhas, que oferecem opções tanto para os iniciantes como para profissionais, além do típico e original sorvete de cambuci – fruta cultivada na região rica em vitamina C.

JUNDIAÍ

Há 60 quilômetros da capital, o roteiro de Jundiaí passa pela Linha 7-Rubi e também rememora a história da ferrovia paulista.

Na cidade, que é conhecida pelas suas vinícolas, é possível perceber a influência italiana e também conhecer diversos pontos turísticos, como o Museu Ferroviário da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, que recebeu o nome de “Barão de Mauá”, e a Serra do Japi, que integra as belezas naturais de Jundiaí.

COMO COMPRAR

Os bilhetes da CPTM são vendidos das 9h às 18h, todos os dias, nas bilheterias das estações da Luz e Prefeito Celso Daniel-Santo André. Eles contemplam exclusivamente a viagem de ida e volta e incluem somente um dos três destinos.

O preço unitário da passagem para qualquer um dos roteiros é de R$50 (ida e volta), exceto para o embarque na Estação Prefeito Celso Daniel-Santo André, com destino a Paranapiacaba, que sai por R$44, segundo a CPTM.

No entanto, na compra de quatro passagens, os descontos podem chegar até 25%. O valor do transporte de bicicletas é de R$7,00, mas o serviço é exclusivo para o roteiro de Mogi das Cruzes.

“Vale ressaltar que os ingressos da CPTM contemplam somente a viagem a um dos três destinos. Roteiros complementares devem ser adquiridos diretamente nas agências de turismo das cidades visitadas. No caso de Paranapiacaba, o trem faz uma pausa para embarque na Estação Prefeito Celso Daniel-Santo André. Os percursos têm duração de aproximadamente 1h30.”

As bilheterias das Estações da Luz e Prefeito Celso Daniel-Santo André funcionam de segunda a domingo, das 9h às 18h, para a venda destes ingressos.

SOBRE O SERVIÇO

Criado em 2009 pela CPTM e pela STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos), o serviço oferece 174 poltronas dividias em dois carros de passageiros, feitos de aço inoxidável.

Fabricados no Brasil pela Budd – Mafersa nos anos 1960, eles foram cedidos pela ABPF e restaurados nas oficinas da CPTM. Hoje, acomodam confortavelmente os turistas e dispõem de espaço reservado para cadeiras de rodas, que conta com cintos de segurança e ancoragem de cadeira.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Osias Ferreira dos Santos disse:

    E que eu mais queria passear nessa viagem, esse lugar e muito lindo, sou do Rio de janeiro tive nessa cidade dez dias numa filmagem do filme a Princesa deyacusa.

  2. Serginho Cruzz disse:

    Gostaria de saber se vai ser criado o roteiro para a cidade de Santos ?
    Foram feitos 2 teste com as autoridades ( vice governador ) e ficou de fazer pelo menos aos finais de semana, será maravilhoso se acontecer

  3. Maria ines pereira disse:

    Gostaria de saber o valor do passeio

  4. Angelica disse:

    Todo ano é muito burocrático para comprar em tempo hábil. Por favor, preciso de um contato ou se já tiver vendendo, dizer onde comprar e horário de atendimento. Agradeço e aguardo retorno. Angelica. 98021.7871 ou email adm@franciscobareartes.com.br

Deixe uma resposta