Empresas de ônibus de Petrópolis (RJ) afirmam que suposta greve é boato e transporte coletivo opera normalmente

Publicado em: 7 de novembro de 2019

Segundo empresas, operação não foi afetada. Foto: Divulgação.

Nas redes sociais, estão sendo divulgadas informações sobre possível paralisação após viações descontarem horário de almoço fracionado em cima de horas extras

JESSICA MARQUES

O Setranspetro (Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis) informou, por meio de nota, que a informação de uma suposta greve nesta quinta-feira, 07 de novembro de 2019, é boato. Portanto, o transporte coletivo opera normalmente.

Nas redes sociais, estão sendo divulgadas informações sobre possível paralisação após viações descontarem horário de almoço fracionado em cima de horas extras.

“O Setranspetro vem a público esclarecer que a circulação de todas as linhas de ônibus acontece normalmente nesta quinta-feira (7/11) e repudia qualquer boato que possa prejudicar a população em seus deslocamentos e o compromisso dos rodoviários com seu trabalho”, informou o sindicato das empresas de ônibus, por meio de nota.

Entre as publicações que estão sendo divulgadas nas redes sociais está um texto afirmando que as “empresas de ônibus de Petrópolis decidiram descontar o horário de almoço fracionado dos rodoviário em cima das horas extras”.

Segundo a publicação, replicada por diversos internautas, essa foi uma decisão “covarde e humilhante […] com isso os rodoviários tomam a decisão de entrar em greve geral”.

O Setranspetro não comentou especificamente sobre a questão do suposto desconto do horário de almoço. O Diário do Transporte aguarda posicionamento oficial do sindicato dos rodoviários.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta