Suspeito de falsificar atestados para motoristas, cobradores e passageiros cometerem fraude no Bilhete Único é preso em São Paulo

Publicado em: 4 de novembro de 2019

Pessoas sem deficiência conseguiam obter o cartão Especial, que dá direito a uma passagem gratuita com acompanhante. Foto: Divulgação.

Documentos levavam assinatura falsificada de médica psiquiatra

JESSICA MARQUES

Foi preso nesta segunda-feira, 04 de novembro de 2019, L.F.P.B.S., suspeito de falsificar atestados médicos para motoristas e cobradores de ônibus da capital paulista. Os documentos levavam a assinatura falsificada de uma médica psiquiatra de primeiro nome “Rosana”.

O suspeito também realizava falsificações para a realização de fraudes no Bilhete Único de São Paulo. Desta forma, com um atestado falso, pessoas sem deficiência conseguiam obter o cartão Especial, que dá direito a uma passagem gratuita com acompanhante.

Os atestados falsificados, por sua vez, eram utilizados por motoristas e cobradores de diversas empresas de ônibus da capital paulista para justificar ausências com motivos de saúde inexistentes.

L.F.P.B.S. falsificou documentos durante três anos, conforme informado ao Diário do Transporte pelo SPUrbanuss (Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo).

A área de atuação do suspeito era as regiões Norte, Sul, Leste e Oeste da capital paulista. O homem foi detido e encaminhado ao 33º DP, localizado na Vila Mangalot, nas proximidades de Pirituba.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta