Prefeitura de Guarulhos promete entrega do Corredor Santos Dumont para até abril de 2020

Publicado em: 9 de outubro de 2019

Atualmente, obra está em fase de recapeamento de vias. Foto: Divulgação/Dinfra/PMG.

Orçada em R$ 50,5 milhões, a obra é executada pelo consórcio T-A Trail/Arvek

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo, informou por meio da Secretaria de Obras, que a entrega do Corredor Santos Dumont será feita até abril de 2020.

Orçada em R$ 50,5 milhões, a obra está sendo executada pelo consórcio T-A Trail/Arvek e gerenciada pela Secretaria de Obras de Guarulhos. Os recursos são provenientes da Prefeitura e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Urbana, do governo federal.

Mais de 40% da obra já foi executada. Atualmente, a Prefeitura informou que está realizando o recapeamento da avenida Santos Dumont. A ação também faz parte da implantação do corredor de ônibus Santos Dumont, em Cumbica.

A intenção da Prefeitura é aumentar a velocidade média dos coletivos, reduzindo o tempo gasto pelos usuários do sistema. Com 5,7 quilômetros de extensão, incluindo as pistas nos dois sentidos, a obra beneficiará mais de 90 mil passageiros das 11 linhas municipais e 15 intermunicipais que trafegam diariamente pelo local.

O corredor tem início na avenida Guinle e vai até a rua Cariri Açu.São seis estações de embarque, retorno na altura da rua Justino de Maio, um viaduto de estrutura metálica sobre a rodovia Presidente Dutra e uma ciclovia de 2,5 quilômetros entre as pistas.

A administração municipal informou, em nota, que a obra também inclui um viaduto, que está em processo de aprovação na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e o trecho denominado binário, que consiste em transformar vias paralelas e próximas, de mão dupla, em vias de sentido único, para diminuir conflitos entre veículos, pedestres e ciclistas.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. Edijame ulisses disse:

    Ficou uma Picardia essa obra ter que da a maior volta pra chegar nos bairros ainda ter que da volta no posto e o retorno enorme

  2. Camila disse:

    Esse corredor é uma das maiores vergonhas de Guarulhos. Sem fiscalização efetiva, vemos constantes pontos sendo feitos e refeitos dentes dos últimos meses, essa obra já era pra ter sido terminada. Além é claro da questão de um corredor aonde nem se quer se há transporte público decente na região.
    Se perguntar a qualquer usuário do transporte público de Guarulhos naquela região vai verificar a insatisfação dos passageiros, a demora e falta de transporte. Uma vergonha saber o valor desse empreendimento pensando na quantidade de ruas se quer com asfalto decente nas suas vias…

  3. DAIANE FREIRE DE LIRA disse:

    Só faltou falar quando teve início, roubo explícito do dinheiro público em uma obra q já dura 4 anos ou mais.

  4. Ricardo Tomé disse:

    Um investimento sem necessidade, Guarulhos tem outras prioridades, vou citar alguns: saneamento básico, creches, escolas, hospitais, segurança e por aí vai

  5. Wagner Jatczak disse:

    Nem Jesus Cristo agradou a todos , se faz porque fez se não faz porque não fez . O ser humano é um lixo mesmo e os governantes são pior que lixo .

Deixe uma resposta para Ricardo Tomé Cancelar resposta