Ahmedabad, sexta maior cidade da Índia, encomenda 300 ônibus elétricos para corredor de BRT

Publicado em: 5 de outubro de 2019

Medida reforça decisão do país de mudar sistema de transporte público movido a combustíveis fósseis para sistema com zero emissões

Ahmedabad, sexta maior cidade da Índia com uma população de mais de 7,2 milhões, acaba de encomendar 300 ônibus elétricos, no que foi considerada a maior licitação para esse tipo de veículo do país.

A medida coloca a cidade como líder na iniciativa do país de passar de um sistema de transporte público movido a combustíveis fósseis para um sistema de zero emissões.

Os ônibus serão operados no sistema de BRT da operadora Janmarg, com 82 km de extensão, e serão fornecidos pelo principal fabricante de ônibus elétricos do país, a Tata Motors, juntamente com a infraestrutura necessária para o carregamento dos ônibus e outros sistemas de suporte.

brts_pics_14

Corredor BRT operado pela Ahmedabad Janmarg Limited, onde irão operar os novos elétricos.

A Tata Motors foi declarada vencedora da concorrência ontem, 04 de outubro de 2019, no modelo de despesas operacionais (OPEX), que funciona com base no pagamento por km.

Os ônibus serão todos desenvolvidos no país, dando um impulso gigantesco ao projeto “Make in India” do primeiro-ministro indiano Mr Narendra Modi. Os componentes críticos de tração elétrica, segundo a Tata Motors, foram adquiridos de fornecedores internacionalmente conhecidos nos EUA, Alemanha e China.

O “Make in India” (Feito na Índia) é um novo programa nacional do governo do país, projetado para facilitar o investimento, promover a inovação, aprimorar o desenvolvimento de habilidades, proteger a propriedade intelectual e criar a melhor infraestrutura de manufaturas do país.

A Tata Motors Limited é uma multinacional automotiva indiana, com sede na cidade de Mumbai, em Maharashtra. Dentre os seus produtos incluem-se carros, motos, ônibus, caminhões, vans, equipamentos de construção, equipamentos rurais e veículos militares.

A empresa já entregou perto de 200 ônibus elétricos que já estão operando em vários estados indianos, incluindo Himachal Pradesh, Assam, Maharashtra e Chandigarh.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. aposto que é melhor que do Rio…..parabéns à India, pela iniciativa

Deixe uma resposta