Prefeitura do Rio de Janeiro determina tarifa do BRT mais cara para quem vai ao Rock In Rio

Passagem de ida será de R$ 4,05 e de volta, R$ 11

JESSICA MARQUES

A Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, determinou que a tarifa do BRT será mais cara para o Rock In Rio. A passagem de ida será de R$ 4,05 e a de volta, R$ 11. A resolução da Pasta foi publicada nesta sexta-feira, 27 de setembro de 2019.

“O BRT tem orgulho de ser o transporte escolhido por cerca de 70% das pessoas que circulam pela Cidade do Rock. É como transportar seis Maracanãs lotados em uma mesma direção. Para garantir essa operação especial é necessário a contratação de orientadores, profissionais de limpeza e muitos outros prestadores, além da construção de diversas estruturas temporárias como a expansão da plataforma de embarque no Terminal Jardim Oceânico”, informou a Prefeitura, em nota.

“A Prefeitura do Rio, através da Secretaria Municipal de Transportes, entendeu que esses custos específicos do evento não podem ser repassados ao passageiro usual do sistema e nem tampouco a operação habitual das linhas regulares pode correr o risco de ser prejudicada. Portanto, por determinação da SMTR, será cobrado uma tarifa especial, apenas para aqueles que vão ao evento”, justificou.

Confira como vai funcionar o pagamento da tarifa para o evento:

1) Para o embarque, basta validar o cartão Riocard Mais em qualquer estação ou terminal e será debitado R$4,05;

2) Ao desembarcar no Terminal Centro Olímpico, o passageiro deve procurar os pontos de troca para a pulseira que garante a volta sem filas de BRT. Para adquirir a pulseira e entrar na área exclusiva com acesso direto ao evento, ele usará novamente o cartão Riocard Mais e será debitado R$ 11,00 (sendo esse valor referente aos R$ 4,05 da volta de BRT + R$6,95 da taxa do evento);

Para a volta em uma das linhas especiais no Terminal Centro Olímpico ou na Estação Morro do Outeiro, basta apresentar a pulseira a um dos colaboradores.

“Recomendamos que o passageiro tenha sempre R$ 15,05 de créditos no cartão Riocard Mais para cada dia de evento. E se ele ainda fizer integração com metrô, trem ou linhas de ônibus convencional, deve lembrar de recarregar o RioCard Mais para cada um desses modais com antecedência.”

Assim como nas edições anteriores, nos dias de festival, a Estação Rio 2 ficará fechada da meia-noite às 5h e a Estação Parque Olímpico só estará aberta das 5h às 11h.

“Vale lembrar que a operação do BRT para o evento não acarreta alterações nas linhas usadas diariamente pelos passageiros. No site brt.rio, é possível tirar todas as dúvidas e acessar a lista dos serviços, estações e horários de todo sistema”, informou ainda a Prefeitura.

Conheça os serviços especiais:

(Ida e volta, das 12h às 5h)

003 (Jardim Oceânico x Rock in Rio/Direto)

005 (Alvorada x Rock in Rio/Direto)

 

(Somente volta, das 0h às 5h)

004 (Rock in Rio x Madureira, via Curicica/Expresso)

Segundo a Prefeitura, essa linha sairá da estação Morro do Outeiro, que é interligada ao Terminal Centro Olímpico por passagem subterrânea, e fará paradas nas estações Curicica, Santa Efigênia, Taquara, Tanque, Praça Seca, Campinho e Terminal Paulo da Portela (Madureira).

Confira a resolução da SMTR, na íntegra:

resres2

ESQUEMA ESPECIAL

Em nota, a Prefeitura do Rio de Janeiro informou que durante os dias do festival os transportes vão operar em esquema especial. Com sete dias de shows em dois finais de semana, o Rock In Rio acontece nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro, no Parque Olímpico da Barra.

Em razão dos bloqueios viários na região, as linhas de ônibus do sistema convencional sofrerão mudanças de itinerário visando adequar o respectivo funcionamento durante os dias de evento, de acordo com as interdições a serem implantadas na região.

Foi autorizada a operação de um ponto de táxi nas proximidades do evento, onde os usuários poderão usar os veículos regulamentados pela Prefeitura. Prevalecerão as regras tarifárias vigentes para este sistema, de acordo com o dia e faixa horária.

“A fiscalização contará com a participação de agentes orientadores em diversas áreas de embarque/desembarque do transporte público. Fiscais e auxiliares de fiscais da Secretaria Municipal de Transportes estarão monitorando a operação em campo, nos terminais, e através de câmeras no Centro Integrado de Mobilidade Urbana do Centro de Operações Rio (CIMU – COR) e no Centro de Controle Operacional do BRT, assim com nas bases móveis montadas para o evento”, informou a Prefeitura do Rio de Janeiro, em nota.

Esquema especial de embarque no BRT

Foram criadas três linhas especiais, em caráter temporário, no sistema BRT, para atender o público do Rock in Rio, nos dias de evento: 27, 28, 29 de setembro, e 03, 04, 05 e 06 de outubro de 2019: os Serviços Eventuais SE 003 (Terminal BRT Jardim Oceânico x Terminal BRT Centro Olímpico – Expresso), SE 004 (Madureira x Morro do Outeiro – Expresso) e SE 005 (Terminal Alvorada x Terminal Centro Olímpico – Expresso).

Confira como vai funcionar o meio de transporte:

O espectador do Rock in Rio 2019 deverá acessar o sistema BRT nas estações Jardim Oceânico ou Alvorada, para seguir para o Terminal Centro Olímpico – local designado para desembarque e acesso ao evento.

Os Serviços Especiais SE 003 (Terminal BRT Jardim Oceânico x Terminal BRT Centro Olímpico – Expresso) e SE 005 (Terminal Alvorada x Terminal Centro Olímpico – Expresso) não terão estações intermediárias para embarque e desembarque de passageiros.

As duas linhas também estarão disponíveis ao término de cada dia de evento. Será operada, ainda, uma linha especial na saída, com destino à Zona Norte, do Rock in Rio até Madureira – o Serviço Especial SE 004 (Madureira x Morro do Outeiro – Expresso), com paradas nas estações Curicica, Santa Efigênia, Taquara, Tanque, Praça Seca e Terminal Madureira – Paulo da Portela.

Os usuários terão na saída a comodidade do sistema de fluxo livre para acesso ao BRT. Para isso, ao chegar de BRT na região, os espectadores farão o pagamento antecipado da passagem da volta, antes de passar pelos portões do Rock in Rio, para garantir a fluidez na volta,. Sendo assim, não haverá validação no término do evento para o retorno.

É necessário que o passageiro possua um cartão Riocard ou cartões de gratuidades válidos com saldos suficientes para o pagamento das viagens. Quem precisar embarcar no metrô ou em alguma linha de ônibus urbano deverá ter crédito no cartão para pagar as demais passagens.

Horário de operação das linhas que atenderão ao evento

SE 003 (Terminal BRT Jardim Oceânico x Terminal BRT Centro Olímpico – Expresso) – Disponível de 12 h às 5:40 h.

SE 004 (Madureira x Morro do Outeiro – Expresso) – Disponível de 00:50 h às 5:40 h.

SE 005 (Terminal Alvorada x Terminal Centro Olímpico – Expresso) – Disponível de 14 h às 5:30 h.

As demais linhas e serviços do BRT que atendem a região deverão operar nos horários habituais para garantir o atendimento aos passageiros regulares deste modo de transportes.

Desvio das linhas de ônibus convencionais

Tendo em vista os fechamentos nas vias próximo ao Centro Olímpico, para a realização do Rock in Rio, os itinerários de três linhas de ônibus regulares sofrerão alteração, nos sete dias de evento: 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro, no período das 13 h até às 23 h.

Vale ressaltar que tal medida irá desafogar o trânsito na região, nos dias de evento.

As linhas abaixo relacionadas terão seus itinerários alterados conforme discriminado:

352 – Rio Centro x Candelária
613 – Vargem Grande x Del Castilho
881 – Curicica x Joatinga

As linhas que trafegam pela Av. Abelardo Bueno deverão cumprirão o seguinte itinerário:

Sentido Rio Centro: …., Av. Abelardo Bueno, Rua Pedro Correa, Estr. dos Bandeirantes, Av. Salvador Allende, ……

Sentido Barra: …., Av. Salvador Allende, Estr. dos Bandeirantes, Rua Pedro Correa, Av. Abelardo Bueno, ……

Esquema operacional para os táxis

A SMTR estabeleceu estacionamento especial para ponto fixo de táxi na Avenida Embaixador Abelardo Bueno, pista lateral, no trecho compreendido entre a Jeunesse Arena e o Parque Aquático Municipal Maria Lenk, das 21h às 6h dos dias subsequentes.

O acesso ao ponto de táxi deverá ser feito através da Estrada dos Bandeirantes, Avenida Salvador Allende – pista lateral, sentido Recreio dos Bandeirantes, acesso a pista central da Avenida Embaixador Abelardo Bueno sob o Viaduto da Transolímpica, Avenida Embaixador Abelardo Bueno pista central, sentido Avenida Ayrton Senna, até a Agulha da pista central para a pista lateral, em frente ao Parque Olímpico e acessar a área de embarque do ponto de táxi, de 21h às 6h.

Recomendações da Prefeitura:

– Utilizar transporte público;

– Com o aumento da demanda na região da Barra da Tijuca, Recreio e Jacarepaguá , os espectadores devem anteceder a chegada no Rock in Rio, evitando nos dias úteis os horários de maior movimentação no BRT na parte da tarde;

– Para sua segurança, os passageiros somente devem somente realizar o embarque/desembarque nos locais devidamente sinalizados e indicados;

– A Prefeitura recomenda às pessoas que adquiram cartões do Bilhete Único Carioca com a respectiva carga de créditos correspondente ao percurso integral; Para embarque no sistema BRT somente são aceitos os cartões Riocard, VT e Bilhete Único (O cartão exclusivo do Metrô Rio não é aceito nos ônibus e BRT);

– Para sua segurança, utilize os transportes regulamentados pela Prefeitura;

– O sistema BRT e o Metrô funcionarão 24 horas e haverá serviços especiais nos horários de entrada e saída do evento.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Vai entender…..duvido se na volta não virá revolta….O Evento em si já dá gás na economia geral do Rio, se fosse em Sampa não seria assim,,,SANTA BURRICE… VAI TER PROBLEMAS

Deixe uma resposta