Metrô de São Paulo apresenta programa de Prevenção do Suicídio na Arena ANTP

Analista de Desenvolvimento e Gestão, Ana Maria Alves Coelho, do Departamento de Relacionamento com o Passageiro. Foto: Adamo Bazani.

Mais de mil funcionários foram treinados para prestar assistência a passageiros. Parceria com CVV tem aumento de procura

ADAMO BAZANI

Colaborou Jessica Marques

A Companhia do Metrô de São Paulo apresentou um programa de Prevenção do Suicídio na Arena ANTP, evento de mobilidade que ocorre no Expo Transamerica, na zona Sul da capital paulista.

De acordo com a analista de Desenvolvimento e Gestão, Ana Maria Alves Coelho, do Departamento de Relacionamento com o Passageiro, uma das principais ações no âmbito do programa é a capacitação dos funcionários para identificarem os riscos e lidarem adequadamente com as pessoas.

Ana explicou que mais de mil profissionais da Companhia do Metrô já foram capacitados.

“Os treinamentos realmente são transformadores. Os funcionários saem com um desejo muito grande de ajudar a quem mais precisa” – disse.

Os funcionários contam ainda com um site interno que aborda o tema com linguagem simples e direta, estimulando a pesquisa e o aprofundamento sobre o assunto.

Neste mês, por exemplo, os trabalhadores podem baixar gratuitamente o livro Depressão Não é Frescura, de Anderson Mendes.

Além dos treinamentos que oferece aos funcionários, o Metrô diz que se engaja em atividades como a participação em datas simbólicas como o “Setembro Amarelo”.

O CVV – Centro de Valorização à Vida também tem parceria com o Metrô de São Paulo. Toda a quarta-feira, há atendimento na Estação Sé, na região Central.

Ana disse que a procura pelo apoio do CVV na estação tem aumentado.

“Antes, o pessoal do CVV ficava aguardando alguém aparecer. Hoje, quando chega, já tem gente esperando atendimento” – disse.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Colabou Jessica Marques

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta