Mesmo com redução da frota, ônibus são incendiados em Fortaleza

Publicado em: 24 de setembro de 2019

As viagens do transporte coletivo ocorreram sob escolta policial nesta terça. Foto: Marina Alves/TV Verdes Mares.

Empresas operam com 70% dos veículos nas ruas

JESSICA MARQUES

A série de ataques criminosos que ocorre desde sábado, 21 de setembro de 2019, na capital e região metropolitana de Fortaleza, motivou a redução da frota de ônibus do transporte coletivo.

Mesmo com 70% dos veículos nas ruas, ônibus do transporte escolar e público foram incendiados na madrugada desta terça-feira, 24 de setembro de 2019. Durante os ataques, carros, caminhões e prédios também foram destruídos.

Segundo informações da mídia local, dois ônibus que estavam estacionados em um posto de gasolina na cidade de Canindé, no sertão cearense, foram incendiados.

incendio.png

Ônibus escolares e do transporte coletivo foram incendiados. Foto: Reprodução.

Além disso, um ônibus da empresa Vitória que fazia a linha Icaraí/Fortaleza foi parado, os criminosos mandaram os passageiros descerem e atearam fogo, também de acordo com a mídia local.

No município de Jucás, dois ônibus escolares também foram incendiados e a Secretaria Municipal de Educação cancelou as aulas nas escolas da rede pública. Cerca de 1.300 alunos foram afetados.

Os terminais e pontos de ônibus receberam apenas 70% da frota habitual. A imprensa local relatou que os locais ficaram lotados durante a manhã, e as viagens ocorreram sob escolta policial.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta