‘Linha do Trabalhador’ pretende reduzir tempo de viagem em Franca (SP)

Publicado em: 17 de setembro de 2019

Ligação direta entre a Região Oeste e o Distrito Industrial deve levar 25 minutos a menos

JESSICA MARQUES

A Linha do Trabalhador Oeste pretende reduzir o tempo de viagem de ônibus em Franca, no interior de São Paulo. A novidade entra em operação nesta quarta-feira, 18 de setembro de 2019.

A linha será implantada pela concessionária Empresa São José, dentro do plano de reestruturação e modernização dos serviços de transporte em Franca.

Com o novo itinerário, a empresa informou que os trabalhadores reduzem o tempo de locomoção em até 25 minutos das suas casas até as empresas onde trabalham, no Distrito Industrial. Antes, o trajeto demorava cerca de 45 minutos.

“Primeiro, implantamos a Linha Sul, em junho; em seguida, a Norte, em julho; em agosto, a linha Leste e agora contemplamos os moradores da região Oeste da cidade”, disse o diretor de Comunicação da São José, Paulo Barddal.

A Linha Oeste tem saída programada às 5h55. Parte do Posto Franca Araxá, na Rua Francisco Marques, passa pelas ruas Corifeu Azevedo Marques, Simpliciano Pombo e tem ponto final na Avenida Santos Dumont.

Até o dia 30 deste mês, a empresa informou que entra em operação o sentido inverso dessa linha, no período da tarde, ou seja, do Distrito Industrial até o ponto de integração Oeste.

“A implantação das Linhas do Trabalhador reduziu em até 30 minutos o tempo de deslocamento dos usuários por viagem, de forma a promover um atendimento mais eficiente a população”, informou a São José, em nota.

Os usuários que precisarem de informações sobre as novas linhas, devem ligar no Disque São José: 0800 34 1140. A ligação é gratuita, mas não aceita chamadas de celular. Outra opção é ligar nos telefones (16) 3706-4900 ou 3706-4700.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Parabéns, isto é gestão do buzão.

    Enquanto isso Sampa…

    ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

    Alguém pode me explicar como funciona o acesso a PNSE’s nesse buzão da foto?

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta