Transporte público de João Pessoa bloqueia mais de mil cartões de gratuidade por irregularidades

Publicado em: 14 de setembro de 2019

Foto: Alexandre Dumas

Sindicato das Empresas informou que bloqueio se deveu ao uso irregular de cartões de gratuidade e estudantil somente no mês agosto

ALEXANDRE PELEGI

O uso irregular de cartões de gratuidade e do Passe Legal Estudantil provocou o bloqueio de 1090 cartões do transporte público de João Pessoa, capital da Paraíba.

Os dados referem-se somente ao mês de agosto, e foram divulgados pelo Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur-JP) nesta sexta-feira, 13 de setembro de 2019.

O sistema de biometria facial, presente em 100% da frota que opera no sistema de transporte da capital paraibana, enviou 420.844 acessos para verificação. Desse total, quase 4% – 15.404 usuários – indicavam possibilidade de uso irregular do cartão.

o diretor institucional do Sintur-JP, Isaac Junior Moreira, essa estimativa dos acessos irregulares de agosto representa uma evasão de receita de mais de R$ 60 mil para o sistema, “o que gera prejuízos para toda a cadeia, inclusive para o município, que deixa de arrecadar impostos”.

A biometria facial implantada este ano em João Pessoa contempla somente usuários que possuem algum tipo de benefício, como estudantes e idosos e pessoas com deficiência.

Segundo o Sintur, o Passe Legal Estudantil foi responsável pelo maior número de acessos irregulares, com 76% do total.

Quem teve o cartão bloqueado deverá comparecer à sede do sindicato na Rua 13 de Maio, Centro, João Pessoa. Após ser notificado da irregularidade, o usuário terá de fazer um novo cadastro e solicitar um novo cartão.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

    Parabéns aos responsáveis pelo Transporte Público de João Pessoa- PB ! Estao muito certos! Tem que por na CADEIA, se possível … os “cabeças” dessas fraudes todas!

Deixe uma resposta