Porto Alegre prevê mais que dobrar total de faixas exclusivas para ônibus

Publicado em: 14 de setembro de 2019

Foto: Joel Vargas/PMPA

Em projeto apresentado nesta sexta-feira, 13, prefeito garantiu que medida vai beneficiar diariamente 370 mil usuários do transporte coletivo

ALEXANDRE PELEGI

O Projeto de Priorização do Transporte Coletivo, apresentado nesta sexta-feira, 13 de setembro de 2019 pela Prefeitura de Porto Alegre promete mais do que dobrar o número de faixas exclusivas para o transporte coletivo na capital do Rio Grande do Sul.

O projeto, realizado pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), prevê implantar nos próximos seis meses 22 quilômetros em 16 trechos da Capital. Esses números representam aumento de 130% em relação aos 17 quilômetros existentes hoje.

Para o prefeito Nelson Marchezan Júnior este é um marco importante para a cidade, pois irá beneficiar diretamente 370 mil pessoas que usam o transporte coletivo diariamente.

Em comunicado, a prefeitura da capital gaúcha afirma que as faixas exclusivas contribuem para a regularidade da operação e mais agilidade nas viagens, e também para a diminuição no tempo do deslocamento dos usuários. “Isso atrai novos passageiros, pois melhora a qualidade do serviço”, completa o comunicado. Outro ponto ressaltado pela prefeitura é quanto à redução de custos do sistema de transporte coletivo, pois com viagens mais rápidas, sem congestionamento, é possível economizar combustível, o que influencia na redução geral do preço da passagem.

Os locais onde serão implantadas as faixas exclusivas foram escolhidos a partir de um trabalho de diagnóstico, desenvolvido pela EPTC, que identifica os principais gargalos de transporte que devem ser solucionados para melhorar a circulação dos coletivos.

Veja a relação dos locais que receberão faixas exclusivas – Avenida Independência, Mostardeiro, Goethe, Rua da Conceição (dois sebtidos), avenida Mauá, avenida João Goulart, Loureiro da Silva (sentido túnel), Paulo Gama / Luiz Englert, avenida Siqueira Campos, avenida Ipiranga trecho II e III, avenida Silva Só, avenida Azenha, avenida 24 de Outubro e avenida Plínio Brasil Milano.

PREFEITO PEDE PACIÊNCIA À POPULAÇÃO

Para o prefeito Marchezan, a população precisará entender as mudanças que estão sendo feitas para recuperar a viabilidade do transporte público. “É preciso valorizar o interesse coletivo para construirmos uma Porto Alegre melhor para todos”, disse.

Rodrigo Mata Tortoriello, secretário extraordinário de Mobilidade Urbana de Porto Alegre, afirmou que a medida resgata uma iniciativa de 1977, com a implantação dos corredores de ônibus, do qual a Capital gaúcha foi pioneira. “São ideias que podem transformar a forma de locomoção da cidade. Agradeço ao prefeito por enfrentar os desafios que podem mudar a realidade do transporte coletivo”, destacou o secretário.

Segundo o diretor-técnico da EPTC, Marcelo Hansen, cada usuário que usa as 154 linhas dos itinerários que vão receber a medida (41% do total das 373 linhas da capital) terá um ganho médio de 25 minutos no deslocamento. Varia de 5min até 35 min, dependendo do trecho utilizado.

Fabio Berwanger Juliano, diretor-presidente da EPTC, destaca que a qualidade de vida de uma população está ligada, também, à qualidade do transporte público. “Não é só uma obra, mas uma mudança de cultura. É uma missão priorizar o coletivo para quem mais precisa“, afirma ele.

EMPRESÁRIOS DE ÔNIBUS COMEMORAM

A medida agradou ao presidente da Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP), Tula Vardaramatos. Ele elogiou o trabalho realizado pela equipe da EPTC e disse que o usuário será o maior beneficiado. “O transporte coletivo necessidade de uma via segregada. Teremos uma cidade mais humana e sustentável”, salientou.

O presidente executivo da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU), Otávio Cunha, elogiou a iniciativa da mesma maneira, afirmando que a intervenção urbana para a implantação de faixas exclusivas de ônibus é barata e rápida, “com enorme retorno para a sociedade”.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

 

Deixe uma resposta