Manifestação de motoristas e cobradores de São Paulo chega à Prefeitura

Sindicato
Os dirigentes sindicais informaram que aguardam uma posição do prefeito Bruno Covas sobre a redução da frota. Foto: Divulgação.

Categoria ameaça paralisar frota se não for atendida pelo Executivo

JESSICA MARQUES

A manifestação de motoristas e cobradores de São Paulo chegou à sede da Prefeitura, no Viaduto do Chá, na região central. O trabalhadores partiram do SindMotoristas, sindicato que representa a categoria, que fica na Liberdade.

Os dirigentes sindicais informaram que aguardam uma posição do prefeito Bruno Covas sobre a redução da frota.

Ainda segundo o sindicato, caso não haja uma manifestação do Executivo, os ônibus podem parar de circular na cidade, após o meio-dia.

O objetivo é discutir diversas questões relacionadas aos transportes, como corte de frota de ônibus, que segundo a categoria, pode resultar em demissões.

Os trabalhadores também querem uma posição mais concreta com relação ao futuro dos cobradores de ônibus no sistema.

A categoria espera ainda o pagamento da PLR – Participação dos Lucros e Resultados pelas empresas.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta