Alunos da capital paulista já podem consultar se instituições de ensino enviaram dados à SPTrans

O procedimento não envolve nenhum pagamento e a consulta pode ser realizada online. Foto: Reprodução.

Procedimento é necessário para validar solicitação ou revalidação de Bilhete Único Estudante

JESSICA MARQUES

Os alunos de cursos semestrais da capital paulista já podem consultar se as instituições de ensino enviaram dados à SPTrans. O procedimento é necessário para validar a solicitação ou revalidação do Bilhete Único Estudante.

Para continuar usufruindo do benefício, os alunos de cursos semestrais devem verificar se a instituição de ensino já encaminhou os dados relativos à rematrícula no segundo semestre para a SPTrans.

O procedimento não envolve nenhum pagamento e a consulta pode ser realizada por meio do site http://www.sptrans.com.br/estudante/.

Estudantes que já pagaram o valor da renovação do Bilhete Único em 2019 não precisam pagar novamente. Basta a instituição de ensino confirmar a rematrícula do segundo semestre, segundo a SPTrans.

“Para quem está solicitando o Bilhete Único Estudante pela primeira vez em 2019, logo após a confirmação dos dados da matrícula, o boleto é gerado diretamente no site e o pagamento pode ser feito na rede bancária e casas lotéricas. Não é necessário imprimir o boleto, basta o número do código de barras para realizar o pagamento. O estudante pode, também, optar por receber o código de barras por meio de mensagem SMS em seu celular.”

O valor da taxa de revalidação é equivalente a sete tarifas básicas vigentes, ou seja R$ 30,10. O pagamento da taxa de revalidação também pode ser realizado diretamente pelos aplicativos Ponto Certo, Qiwi, Cittamobi e Banco do Brasil (para correntistas).

A quitação da taxa de revalidação também pode ser feita através da página “Bipay” do Facebook, diretamente pelo Messenger, sem a necessidade de baixar o aplicativo.

Para informações sobre o Bilhete Único Estudante, o aluno pode acessar o site http://www.sptrans.com.br/sac/duvidas.aspx?tipo=3 ou o canal do estudante http://estudante.sptrans.com.br/, onde também é possível consultar se tem direito à gratuidade ou ao desconto de meia-tarifa.

Em caso de dúvida sobre as regras do benefício ele pode acessar o Manual do Aluno: http://www.sptrans.com.br/media/1355/manual_estudante.pdf.

O estudante pode verificar a situação de seu cadastro junto à SPTrans pela internet, por meio do link https://scapub.sbe.sptrans.com.br/sca/estudante/login.jsp.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta