CURIOSIDADE: Empresa de ônibus também oferece treinamento para trabalhos em altura

Publicado em: 3 de agosto de 2019

Treinamento é obrigatório para atividades realizadas acima de dois metros de altura, como limpeza e manutenção dos tetos dos ônibus que, no mínimo, têm 3,2 metros. Foto: Grupo Leblon Transporte de Passageiros/Clique para ampliar

Seguindo as normas do Ministério do Trabalho, ações devem ser realizadas a cada dois anos. Empresa do Paraná realizou capacitação em garagem

ADAMO BAZANI

Uma empresa de ônibus, para atender bem o passageiro, deve investir em sua mão de obra, principalmente com a capacitação dos funcionários.

Quando se fala em treinamento em empresa de ônibus, a primeira imagem que vem à cabeça de muita gente são os reforços de conceitos de direção defensiva, atendimento ao passageiro e até primeiros socorros.

Isso tudo é fundamental porque diz respeito ao relacionamento direto da empresa com o seu cliente (o passageiro) e com a comunidade em geral, mesmo com as pessoas que não usam o transporte coletivo. Mas as atividades dentro de uma empresa de ônibus são bem amplas e complexas.

Há diversos tipos de treinamento, como de brigada de incêndio, de preservação ambiental, esvaziamento de ambientes, entre outros.

Um treinamento que é pouco conhecido do público em geral é o de trabalhos em altura, de acordo com a NR – Norma Regulamentadora 35.

Muitos nem imaginam, mas as atividades em altura são essenciais numa empresa de ônibus.

Entre os trabalhos que necessitam do treinamento e do cumprimento da norma estão as manutenções e limpezas do prédio da garagem e da parte superior das carrocerias dos ônibus.

De acordo com a norma, em vigor desde a portaria publicada em 23 de março de 2013, “considera-se trabalho em altura toda atividade executada acima de 2,00 m (dois metros) do nível inferior, onde haja risco de queda.”

Um ônibus urbano simples, por exemplo, pode ter mais de 3,2 metros de altura.

Nesta semana, o Grupo Leblon, de Fazenda Rio Grande, na região Metropolitana de Curitiba, realizou mais uma edição deste treinamento especial.

A ação ocorreu na garagem da Leblon e capacitou 14 funcionários, sendo promovida pelo Sest/Senat – Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional do Transporte.

“O treinamento serve para relembrar alguns procedimentos de segurança que são aplicados no dia a dia dos colaboradores que atuam em diversas atividades. A parceria com o Sest/Senat significa dizer que todo o programa foi voltado para os trabalhos diretamente relacionados com a rotina da empresa e dos transportes” – informou o Grupo Leblon, por meio de nota.

Treinamento é obrigatório para atividades realizadas acima de dois metros de altura, como limpeza e manutenção dos tetos dos ônibus que, no mínimo, têm 3,2 metros. Foto: Grupo Leblon Transporte de Passageiros/Clique para ampliar

Ação de treinamento também ocorreu em estruturas elevadas. Foto: Grupo Leblon Transporte de Passageiros

Além do uso correto dos equipamentos de segurança e ações sobre como evitar acidentes, o treinamento reforçou os principais protocolos de conduta em casos de emergência.

Como determina o Ministério do Trabalho, o treinamento de altura é realizado a cada dois anos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes  

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. roberto andrade disse:

    legal parabéns muito bom

  2. PARABÉNS, e que as demais sigam, afinal estão mexendo com humanos e não robôs.

  3. geraldo ferreira disse:

    Oi boa tarde, sou instrutor de NR 35 trabalhos em altura gostaria de saber se ha interesse em fazer uma parceria

  4. Anderson Santana De Oliveira disse:

    Como sempre sucesso de parceria do SEST/SENAT,
    com as empresas de transporte parabéns pela iniciativa.

Deixe uma resposta