Proprietário da T’Trans, um dos sócios da Itapemirim, fala de interesse em ônibus rodoviários elétricos

Publicado em: 30 de junho de 2019

Planta da T’Trans. Foto: Divulgação.

Por meio de nota, Sidnei Piva diz que não há planos de compra para a Itapemirim, mas confirma intenção de produzir 400 unidades por ano em Três Rios, no Rio de Janeiro

JESSICA MARQUES / ADAMO BAZANI

O proprietário da T’Trans, que é um dos sócios da Itapemirim, Sidnei Piva, informou por meio de nota há a intenção de produzir 400 unidades por ano em Três Rios, no Rio de Janeiro.

Contudo, o empresário afirmou que não há planos de compra para a Itapemirim, confirmando apenas a produção dos veículos elétricos.

Confira a nota, na íntegra:

“A empresa T’Trans vem através de seu proprietário o Sr. Sidnei Piva esclarecer:

Que também é um dos proprietários e presidente da empresa Itapemirim (em recuperação judicial).

A Itapemirim não tem pedido de compra firmado com a empresa T’Trans.

Como sócio e presidente também da empresa Itapemirim, demonstro total interesse neste inovador projeto que será disponibilizado em detalhes para todas as empresas de transportes rodoviários do Brasil e do mundo.

Esclarecer também que a empresa T’Trans é detentora exclusiva do projeto do primeiro ônibus elétrico de longa distância no Brasil e está sendo desenvolvido pelos seus colaboradores e parceiros na cidade de Três Rios.

Reafirmar que no primeiro projeto de expansão vai fabricar 400 ônibus elétricos para o mercado nacional.

Reafirmar seu compromisso de geração de novos empregos e apoio da comunidade de Três Rios e muito especial ao prefeito Josimar Salles.

Agradecer o apoio que a cidade nos recebeu de braços abertos para um projeto de grande importância não só para o meio ambiente como para energia limpa e buscando novas alternativas de economia para o Brasil.

Mais uma vez agradeço a cidade que nos acolheu e seu prefeito Josimar Salles.”

A Viação Itapemirim, por meio de nota, negou na última quinta-feira, 27 de junho de 2019, a participação em projeto de ônibus elétrico rodoviário anunciado pela prefeitura de Três Rios, no Rio de Janeiro.

Em nota, a Itapemirim informou que “não firmou nenhuma parceria para criação desses veículos”. A empresa diz ainda desconhecer a “criação de um ônibus do modelo Tribus elétrico”.

Além da divulgação no site oficial da prefeitura, a suposta participação da Itapemirim foi anunciada pelo prefeito Josimar Salles em um vídeo.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/06/27/viacao-itapemirim-nega-participacao-em-projeto-de-onibus-eletrico-rodoviario-divulgado-pela-prefeitura-de-tres-rios/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. vagligeiro disse:

    A empresa de ônibus de uma das sociedades está em recuperação judicial.

    Aí vão e anunciam que outra empresa de outra sociedade quer fazer ônibus elétricos (Querer não é poder).

    Muita bagunça para pouca ação efetiva…

  2. Geraldo Jurandyr Ferreira disse:

    Este cara não tem mais onde ser enrrolado.Dar espaço a ele é perda de tempo

  3. 2 questão:
    1- Teria o prefeito de Tres Rios dado de presente ao sócio da Itapemirim esse complexo que aparece na foto? Nitidamente tem uma rotunda ai, que deveria ser da RFFSA, ou da Cia Santa Matilde. Duvido mt que isso foi comprado.
    2- Se é sócio da T’Trans, por que não paga ao menos a parte dele, na divida Itapemirim?

  4. ANDERSON disse:

    Se nem os compromisso deles presidente estão cumprindo fica ai com essa mentirada pra comprar carros elétricos se nem da recuperação a empresa saiu

  5. Diogo Pinheiro Pereira disse:

    Primeiro eles precisam trocar é essa frota antiga, a itapemirim já foi muito boa na região nordeste, hoje é uma tristeza fazer viagens por essa empresa

  6. Eduardo Santos disse:

    Quando alguém deseja investir em Três Rios devemos receber de braços abertos! Não ser do contra. A dívida que encontrou na Itapemirim não o foi os atuais controladores que fizeram. A ITAPEMIRIM É UM PATRIMÔNIO DO BRASIL E SE DEUS QUISER VAI SER RECUPERADA. DENTRO DE UM PLANO SÉRIO QUE ESTÁ SENDO TRILHADO. TODOS SETORES DO BRASIL DEVEM AJUDAR…

Deixe uma resposta