Operadora de transporte de Messina, Itália, adquire frota de 16 ônibus 100% elétricos da BYD

Empresa ATM, com sede na Sicília, possui a maior porcentagem de ônibus elétricos (15% do total) em frotas de transporte público em todo o país

ALEXANDRE PELEGI

15% dos ônibus de transporte público da cidade de Messina, na Sicília, ao sul da Itália, são agora elétricos.

A BYD entregou há poucos dias 16 ônibus de emissão zero para a ATM – Azienda Trasporti Di Messina, operadora da cidade siciliana. A entrega decorre de um pedido de 13 unidades assinadas há um ano, que foi aumentado até atingir 16 unidades.

Os novos ônibus são do modelo K7, com 8,7 metros de comprimento.

O que é significativo é que a aquisição da nova frota dos ônibus elétricos da BYD, com capacidade de 53 passageiros, ocorreu através de financiamento estatal, diretamente por meio do município de Messina.

O uso de ônibus elétricos reduz a poluição e promove a mobilidade sustentável“, declarou o Conselheiro de Transportes e Vice-Prefeito, Salvatore Mondello. “Estamos orgulhosos porque Messina se tornou uma das principais cidades a partir deste ponto de vista. Queremos continuar a nos concentrar em transportes sustentáveis e tecnologicamente avançados.”

Messina_prefeito

Da esquerda para a direita: Presidente da ATM, Sr. Giuseppe Campagna; Gerente de Vendas BYD Europe, Patrick Zhou; Diretor da AMT, Sr. Natale Trischitta

A BYD já garantiu mais de 50% do mercado total de ônibus elétricos na Itália, informa a empresa chinesa em comunicado à imprensa especializada. Somente em Turim, já são 28 ônibus elétricos da companhia em operação.

Olhando para as quotas de mercado europeias de 2018 de ônibus elétricos, o salto da BYD para o exterior tem sido importante.

O fabricante chinês produz tanto ônibus elétricos internos quanto chassi para a encarroçadora Alexander Dennis (ADL) que atua no mercado do Reino Unido. Somando as vendas dos ônibus elétricos BYD (77) e os realizados pela parceria BYD-ADL (84), são 161 ônibus elétricos registrados em 2018.

Se os dois produtos fossem considerados como únicos, a BYD seria a líder de ônibus elétricos no mercado europeu, afirma o portal Sustainable Bus.

Na Europa, o número de ônibus elétricos registrados aumentou 48% entre 2017 e 2018, alcançando 562 unidades no ano passado, cerca de 5% do mercado Classe I na área considerada.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta