EM PRIMEIRA MÃO: Gestão Bruno Covas muda para 30 de setembro o prazo limite para troca de Bilhete Único Antigo

MATÉRIA PUBLICADA EM 23 DE MAIO DE 2019 ÀS 06h39

Em portaria, secretaria fala em mais tempo para evitar transtornos. Em 1º de outubro, créditos que ultrapassarem dez tarifas não poderão mais ser usados com o bilhete antigo

ADAMO BAZANI

A SMT – Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes da cidade de São Paulo prorrogou de 1º de junho para 30 de setembro o prazo limite para que os passageiros que tenham modelos antigos do Bilhete Único possam trocar pelo modelo atual se quiserem continuar mantendo saldo superior a dez passagens no cartão. A partir de 1º de outubro, não será mais possível usar o saldo que ultrapassar dez tarifas com o bilhete antigo

O Bilhete Único é utilizado nos ônibus da capital paulista gerenciados pela SPTrans, metrô, monotrilho na capital, e trens da CPTM na capital e municípios da Grande São Paulo.

A portaria 072, que altera as datas, é de 22 de maio e entrou em vigor nesta quinta-feira, 23 de maio de 2019.

Na justificativa, o secretário de mobilidade e transportes, Edson Caram, cita a necessidade de mais tempo para os passageiros consumirem os créditos excedentes a dez passagens para evitar transtornos.

A decisão altera o artigo 65 da resolução 50, de 05 de abril, que regulamentou decreto de fevereiro do prefeito Bruno Covas estipulando novas regras do Bilhete Único.

Relembre a portaria:

https://diariodotransporte.com.br/2019/04/06/em-primeira-mao-bruno-covas-cria-novas-regras-do-bilhete-unico-com-punicoes-limitacoes-de-saldo-e-reajuste-mesmo-com-creditos-antigos/

Para não perder o saldo superior a dez passagens, o usuário que tiver os cartões dos modelos Cartões Classic 1K, códigos 52 e 59; II – Cartão Plus 4K, código 110 deve fazer a troca em qualquer posto da SPTrans – São Paulo Transporte, nos terminais de ônibus.

Estes códigos estão na parte de trás do cartão.

A transferência de saldo não é na hora e não é só chegar ao posto.

– Primeiro, o passageiro que tem Bilhete Único antigo sem foto deve entrar no site da SPTrans e se cadastrar enviando uma foto. Tem de ser foto estilo de documento, não pode ser, por exemplo, selfies, em cenários, de lado, corpo inteiro ou com outras pessoas junto. É necessário preencher uma série de dados.

– Confirmado o cadastro, no dia seguinte, o passageiro deve ir ao posto da SPTrans com o cartão antigo e documento oficial com foto, como RG ou CNH – Carteira Nacional de Habilitação.

– O saldo do Bilhete antigo só vai estar disponível no novo depois de 72 horas, quando o passageiro deve voltar ao posto e validar.

O Diário do Transporte apurou que poucas pessoas procuraram os postos da SPTrans para efetuar a troca e a previsão era de que se a data de 1º de junho fosse mantida, haveria muita gente que perderia os créditos e as filas nos terminais seriam maiores ainda.

As medidas que alteraram as normas do Bilhete Único são para evitar as fraudes que têm ocorrido no sistema.

Em nota, a Secretaria de Mobilidade e Transportes diz que cerca de 50 mil cartões, emitidos antes de 2014, precisam ser trocados.

A Secretaria de Mobilidade e Transportes (SMT), por meio da São Paulo Transporte (SPTrans), informa que prorrogou até 30/09/2019 o prazo para o uso do saldo do tipo Comum superior a 10 tarifas, o equivalente a R$ 43, nos cartões do Bilhete Único emitidos antes de 2014. 

A decisão de ampliar o prazo foi tomada para beneficiar os passageiros que ainda não conseguiram reduzir o saldo para menos de R$ 43 e é publicada na edição desta quinta-feira, 23/5, no Diário Oficial da Cidade.

Cerca de 50 mil cartões com códigos 52, 59 e 110 estão nessa condição.

Inicialmente, a Portaria 50 de 5 de abril de 2019 previa que as mudanças ocorreriam a partir do dia 1º de junho. Agora com a prorrogação, é possível utilizar os créditos excedentes por mais 4 meses, até 30/09/2019.

Atenção!

Quem precisa trocar o Bilhete Único?

Somente quem possui no mesmo cartão as seguintes situações:

– utiliza somente crédito Comum;

– não tem créditos vale-transporte;

– o cartão foi emitido antes de 2014 ou é anônimo; e

– não utilizará o excedente de crédito comum acima de R$ 43 até 30/09/2019.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Vanderval disse:

    Esse prefeito pilantra só quer arrecadar dinheiro, além de ferrar o povo com o corte de integração.

    1. Maria Maria disse:

      Que,direncia faz .Ele só quer fazer a diferença dele tenho vergonha de ter ele como o nosso prefeito da cidade de São Paulo Retirou a entregacão e aumentou a passagem e tem mas meu filho tem 06 anos não alcança para passar o bilhete é ele está bloqueando, agora o meu filho está se empidurando na catraca pra poder pagar a passagem que outros demais não padem passar o bilhete dos menores . Agora digo no dia que acontece um acidente com meu filho nos coletivo por esse motivo.Vou procurar meus direitos e acionar a rede de televisão Tá Senhor Prefeito!!!!!

  2. Gean Xavier disse:

    Bom dia
    Eu gean Xavier .
    Da cidades tiradentes.
    Eu tenho um bilhete antigo que eu da empresa
    Vou ter que fazer também a troca.
    Eu tenhe como a empresa fazer.

    1. blogpontodeonibus disse:

      A obrigatoriedade é para o Bilhete Comum

      1. Rita de Cassia Oliveira gueiros disse:

        Quando vai voltar como era antes quatro passagens em duas horas

  3. Lenir disse:

    Muito bom so assim acaba com as fraldes eu por exemplo perdi muito dinheiro com isso parabéns à toda equipe

  4. Edmilson disse:

    Por causa desse prefeito de merda antes chegava em casa 23:45 agora chego 00:45 só posso pegar dois ônibus antes eu pegava 3 pra chega em casa mais rápido podia fazer integração e um merda mesmo

    Ele não tinha 10dias para volta atrás e devolver as 4 integração cadê

  5. José Silva disse:

    Se eu quiser manter o cartão comum e carregar toda semana com o limite de R$43 é possivel? Fui ao Posto da SPTRANS e me disseram que não poderiam fornecer um novo cartão pois meu cpf ja esta vinculado a um cartão de estudante, o problema é que o cartão de estudante também limita o numero de créditos que posso ter no bilhete e para mim as cotas não sao suficientes.

  6. Marcos disse:

    Tenho um Bilhete Comum, código 59, emitido antes de 2013, em que estão acumulados créditos comum e também vale transporte. Precisarei ou não realizar a troca? Há muita confusão nas informações…

    1. blogpontodeonibus disse:

      Questões pontuais podem ser esclarecidas pelo telefone 156, da prefeitura

      1. Marcos disse:

        Também não consegui uma resposta satisfatória por lá… Cada um diz uma coisa (imprensa/156/postos da SPTrans).

      2. blogpontodeonibus disse:

        O pior é que eles têm o dever de informar.

  7. Marcos disse:

    Cada um diz uma coisa, no 156 se diz uma coisa, na imprensa se diz outra coisa, no posto de atendimento se diz algo diferente dos dois anteriores… Estive em um posto da SPTrans e me disseram que não seria necessário cancelar o bilhete e que o mesmo poderia ser utilizado normalmente até o final do ano.

  8. Francisco Manoel da Silva Filho disse:

    Quero saber como vai ficar a minha integração,tem.que voltar o que era antes.

  9. Manoel j Domingos disse:

    Fralde é o prefeito roubar o direito de quem usava ônibus e metro porque a empresa fornece o vt 2 cotas mas ao usar o metrô o usuário perde o direito a integração do segundo ônibus e ai os 10 dias que o prefeito pediu JÁ venceu?

  10. Victor Hugo Pereira Silva disse:

    Esse prefeito bandido ladrão corrupto dos inferno não tá nem aí pra não sei quantas mil pessoas podem perder o emprego por causa dessa

  11. Rodrigo Zika! disse:

    Uso o bilhete único antigo com o nome e RG somente pela empresa, vai precisa trocar?

    1. blogpontodeonibus disse:

      Só Bilhete Único Comum

  12. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

    Um sem noção mesmo! PSDB e PT… No fundo… muito iguais!

  13. Jedi disse:

    Ainda não entendi porque o doria Junior quer resolver fraudes reduzindo as viagens. Afinal ele já recebeu as tarifas antes de utilizarmos. E porquê a demora na emissão é liberação do cartão e dos créditos. Tem impressoras nos locais de atendimento. Nem todos são leigos Júnior.

  14. Souza disse:

    Todos que tiver com bilhete antigo vai ter que trocar o bilhete pelo novo mas a cota só vai ser liberada depois de 72 horas resumindo vamos ter que comprar passagem pra voltar pra casa

    Queria acabar com a fraude do bilhete Único prejudicando o trabalhador

    Esse sistema podre e nojento do PSDB que está no governo a mais de 20 anos tem que sair
    🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮

  15. Souza disse:

    A troca do bilhete antigo pelo novo deveria ser feita dentro da estação de trem ou metrô daí o cidadão não pagaria passagem de novo

    Mas geralmente é feito fora da estação e todos que fizer a troca do Bilhete vai ter que pagar nova passagem em dinheiro

    Estamos próxima eleição para prefeito e vereador vamos acordar e tirar esse sistema nojento do governo municipal de São Paulo

  16. Benedito Cardoso disse:

    Essa troca não resolve os traficantes estão carregados bilhetes único falso na própria casa vende a $3,00 nas estações da CPTM tem bilhetes de papel a $3,00

  17. Regis Campos disse:

    Creio eu que, com a proximidade das eleições e o PSDB com o filme tão queimado como o sócio PT, que o Covinhas vai é empurrar isso para o próximo prefeito e tentar se manter o nariz acima da linha da água para não desaparecer eleitoralmente.

  18. Joe Luis Diniz Costa disse:

    Mario Covas deve estar envergonhado da imundícia que ele colocou no mundo, um prefeito de merda, o pior dos piores. É muito fácil ferrar com a vida dos trabalhadores

  19. Gustavo de morais disse:

    Se eu n usar todo o saldo ou n transferir, eu perco o dinheiro, ou eu vou poder recuperar depois?

    1. blogpontodeonibus disse:

      Pode perder o que ultrapassar R$43

Deixe uma resposta