Cooperação entre Brasil e Uruguai para DD de 15 metros avança com permissão para a Rutabus e TTL

Ônibus de 15 metros da TTL. Ligação Brasil e Uruguai como testes. Foto: Lucas Martins – Clique para ampliar

Comunicado do Ministério de Transportes e Obras Públicas cita bons resultados de testes realizados no ano passado

ADAMO BAZANI

O Ministério de Transportes e Obras Públicas do Uruguai divulgou em seu site oficial um comunicado que pode representar mais um avanço para uma futura operação deffinitiva de ônibus rodoviários de dois andares e de 15 metros de comprimento no país e nas ligações com o Brasil.

De acordo com o comunicado, datado de abril deste ano, no âmbito da XXIII Reunião Bilateral das Agências de Aplicação do ATIT – Acordo sobre Transporte Internacional Terrestre, a título de experiência, foi autorizada a operação pela empresa TTL de um ônibus Marcopolo Paradiso 1800 DD, Mercedes-Benz O500 RSDD na ligação entre Montevideo e Porto Alegre.

Um modelo com a mesma configuração pela TTL, mas pertencente a Planalto Transportes Ltda, passou por testes de manobrabilidade em vias e terminais uruguaios em maio do ano passado com resultados positivos.

O comunicado do órgão federal uruguaio também autoriza a operação eventual da empresa local RutaBus SRL para fazer a ligação entre  Brasil e Uruguai com um modelo Busscar Vissta Buss DD, Volvo B430R.

Não há data para a homologação final dos modelos de dois andares e 15 metros, mas, segundo o comunicado, o objetivo é conciliar a necessidade de manutenção e preservação da infraestrutura viária do país e aumentar a produtividade e capacidade dios ônibus.

No Brasil com homologação desde 2017 e processo desde 2016, os ônibus rodoviários de 15 metros 8×2 (quatro eixos e tração em um deles) caíram no gosto de muitos empresários e são cada vez mais comuns em trajetos de longas e até de médias distâncias.

Com o aumento do número de assentos obrigatoriamente reservados para as gratuidades (estudantes, jovens de baixa renda, idosos e pessoas com deficiência), as empresas encontraram num modelo de maior capacidade, uma alternativa para equilibrarem as receitas das viagens. A empresa “perde” um lugar para a gratuidade, mas “compensa” com o lugar a mais instalado pelo fato de o ônibus ser maior que os, até então, modelos de 15 metros.

Além disso, em busca do retorno do passageiro que foi para a aviação, as empresas de ônibus têm apostado em configuações mais luxuosas, com maior espaço entre as poltronas e até mesmo com serviços como cama e cabine-cama. Maior, o ônibus de 15 metros possibilta estas configurações.

Todo este exemplo brasileiro é analisado pelo setor de transportes de passageiros no Uruguai.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em Cooperação entre Brasil e Uruguai para DD de 15 metros avança com permissão para a Rutabus e TTL

  1. Para complementar a informaçao, o nome fantasía da empresa Rutabus é Rutatur, essa é a lenda que tem na pintura dos ônibus!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: