SPTrans implanta nova linha de ônibus para circular no campus da USP

Publicado em: 29 de abril de 2019

Cidade Universitária possui mais duas linhas circulares que podem ser utilizadas gratuitamente por alunos da USP. Foto: Grasieli Souza / Divulgação.

Itinerário 8032/10 Metrô Butantã – Cid. Universitária começou a circular nesta segunda-feira

JESSICA MARQUES

A SPTrans implantou uma nova linha de ônibus para circular no campus da USP (Universidade de São Paulo). O itinerário 8032/10 Metrô Butantã – Cid. Universitária começou a circular nesta segunda-feira, 29 de abril de 2019.

A linha funcionará nos dias úteis, das 4h30 à 0h40, conforme informado pela SPTrans, por meio de nota. O ponto inicial será no Terminal Butantã e a linha atenderá como circular na Cidade Universitária.

Confira as características da linha:

8032/10 Metrô Butantã – Cid. Universitária 

Funcionamento: dias úteis, das 4h30 à 0h40.

Ponto inicial: Metrô Butantã

Itinerário (sentido único): Terminal Butantã, Rua Camargo, Praça Vicente Rodrigues, Av. Afrânio Peixoto, Praça Prof. Reinaldo Porchat, Av. da Universidade, Praça Prof. Rubião Meira, Av. Prof. Lineu Prestes, Praça Prof. Jorge Americano, Av. Prof. Luciano Gualberto, Praça Ramos de Azevedo, Av. Prof. Almeida Prado, Av. Prof. Mello Moraes, Praça Prof. Reinaldo Porchat, Av. da Universidade, Praça Prof. Rubião Meira, Av. da Universidade, Praça Prof. Reinaldo Porchat, Av. Afrânio Peixoto, Rua Alvarenga, Av. Dr. Vital Brasil, Terminal Butantã.

Além deste itinerário implantado nesta segunda-feira, a Cidade Universitária possui mais duas linhas circulares:

  • 8012-10: Metrô Butantã – Cidade Universitária
  • 8022-10: Metrô Butantã – Cidade Universitária

Essas linhas podem ser utilizadas gratuitamente pelos alunos com o chamado Bilhete USP (Busp).

Confira abaixo as linhas municipais que circulam pela Cidade Universitária:

  • 177H-10: Metrô Santana – Butantã USP
  • 701U-10: Metrô Santana – Butantã USP
  • 702U-10: Term. Pq. D. Pedro II – Butantã USP
  • 7181-10: Term. Princ. Isabel – Cidade Universitária
  • 7411-10: Pça. da Sé – Cidade Universitária
  • 7725-10: Term. Lapa – Rio Pequeno
  • 8012-10: Metrô Butantã – Cidade Universitária
  • 8022-10: Metrô Butantã – Cidade Universitária
  • 809U-10: Metrô Barra Funda – Cidade Universitária

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Comentários

  1. Tiago disse:

    Existe algum lugar que dá pra consultar o número de carros escalados por linha?

    Tenho uma impressão muito forte que tiraram carros da 8012 e 8022 para colocar na 8032. Se for isso mesmo, é melhor deixar como estava. Uma grande quantidade de pessoas não será atendida.

    A 8032 opera como uma 8012/21. Faz o percurso de ida da 8012 até a Praça Ramos de Azevedo, pulando a Reitoria, e dali já faz o percurso de volta da 8012, sem passar pela ECA, no sentido metrô.

    Caso fosse mantida a qtd de carros das demais linhas e a 8032 operasse como reforço seria muito melhor e o atendimento no geral ficaria mais confortável e rápido.

    Usei a linha hoje pq não tinha ônibus na 8012 (por volta de 08:40). Dentro da cidade universitária desci na FEA e peguei um Santana para descer na prefeitura. Se tivesse carro na 8012 usaria um ônibus só e uma integração a menos.

    Isso não é melhoria, é justamente o contrário.

    1. Paulo Gil disse:

      Tiago, bom dia.

      Concordo com você.

      É muito provável que tiraram buzões da 8012 e da 8022, para compor a 8032; pois caso contrário o Terminal Buta não suportaria e os custos da operadora é óbvio aumentariam.

      É só o uso do cobertor curto.

      Abçs,

      Paulo Gil

  2. José Silva disse:

    Seria tão mais comodo levar a linha amarela até a cidade universitária, como ninguém pensou nisso durante projeto? Nos horários de pico o terminal butantã é tomado de gente e as filas são enorme e, obviamente, os ônibus não dão conta, ja que a frota é pequena demais!

  3. Paulo Gil disse:

    Amigos, bom dia.

    O problema crucial ainda permanece, que é a demora causada na entrada e na saída do Terminal Buta; nenhuma dessas linhas tem de ir até o Terminal Buta; dada a perda de rendimento das linhas.

    Há muitas soluções passiveis para que estas linhas tenham ponto próximo ao Terminal Buta aumentando a eficiência das mesmas.

    Essa nova linha é desnecessária e complicará mais ainda o trânsito no Terminal Buta.

    Basta fazer 2 linhas uma alta e a outra baixa; aumentando o número de carros na linha alta tendo em vista as subidonas e assim a baixa (reta) pode circular com menos carros mais com mais eficiência e o sistema fica equilibrado.

    Mas infelizmente que tem o poder da caneta é a fiscalizadora; pena que não tem o poder de inteligência e gestão.

    Att,

    Paulo Gil

  4. Dênis Douglas disse:

    Tirar um(ns) carro(s) é meio óbvio que o fizeram, por pura questão contratual, mas na verdade a 8032 (e uma possível 8042) para resolver o problema de transporte da USP deveria ser:

    8032: Igual a 8012 até Vet, daí em diante igual a 8022
    8042: Igual a 8022 até Vet, daí em diante igual a 8012, atendendo ECA.

    Essa deveria ter sido a solução, não uma linha que faz parecido ao que a 477U fez no passado, e desatende uma boa parte dos pontos críticos da Universidade.

Deixe uma resposta