Taxistas do Rio de Janeiro têm até 15 de abril para obtenção de autonomia

Secretaria Municipal de Transportes prorrogou prazo para apresentação de documentos

JESSICA MARQUES

Os taxistas do Rio de Janeiro agora têm até 15 de abril para a obtenção da autonomia. A SMTR (Secretaria Municipal de Transportes) prorrogou em 15 dias o prazo para que os auxiliares de táxi contemplados com autonomias em setembro de 2018 e em janeiro de 2019 possam apresentar os documentos necessários.

É preciso que os profissionais compareçam a um posto da SMTR para dar entrada na documentação, conforme publicado em Diário Oficial nesta semana.

Desta forma, os taxistas que tiveram seus nomes publicados nas ocasiões e perderam o prazo, poderão apresentar os documentos ainda neste mês, até o dia 15.

Segundo informações da SMTR, os nomes devem constar nas Resoluções nº 3022, de 18 de setembro de 2018, e nº 3078, de 11 de janeiro de 2019.

O atendimento poderá ser feito nos postos da Barra da Tijuca, Riachuelo, Engenho Novo, Santa Cruz, Leblon, Vila Isabel, Ilha do Governador, Campo Grande, Bangu e Irajá.

HISTÓRICO

No dia 13 de março, o prefeito Marcelo Crivella entregou novas 240 autonomias a motoristas de táxi, que aguardavam na fila há cerca de 20 anos. No total, 300 autonomias foram liberadas na ocasião. As 60 restantes estão divididas entre 30 para pessoas com deficiência e 30 para motoristas com dependentes deficientes.

Durante a gestão Crivella, foram distribuídas 750 novas autonomias para taxistas, segundo a Prefeitura. Além disso, foi criada a plataforma Taxi.Rio a pedido do prefeito.

Ao completar seis meses, em abril de 2018, o aplicativo Taxi.Rio ganhou novidades. Entre os lançamentos está o pagamento por cartão de crédito e uma versão disponibilizada para iOS (sistema operacional da Apple), pois apenas quem tinha smartphone Android poderia utilizar a plataforma.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2018/04/20/taxi-rio-ganha-pagamento-por-cartao-de-credito-e-versao-para-ios/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta