Melhores motoristas de ônibus da cidade de São Paulo em 2018 recebem homenagem da SPTrans e empresas

Foram selecionados 32 motoristas pelas empresas, um de cada garagem. Foto: Adamo Bazani.

Evento, que está na segunda edição, visa reconhecer exemplos de profissionais com boas condutas na direção e no atendimento

ADAMO BAZANI/JESSICA MARQUES

Muito mais que dirigir, atender. Além de transportar, se relacionar. O motorista de ônibus não pode ser apenas um operador de máquinas. O profissional é o primeiro contato da sociedade com o sistema de transportes.É o gerente daquele veículo.

Exemplos de profissionais que assumiram esta postura foram homenageados na manhã desta terça-feira, 19 de março de 2019, num evento promovido pela SPTrans – São Paulo Transporte, gerenciadora do sistema.

Foram selecionados 32 motoristas pelas empresas, um de cada garagem. As próprias companhias definiram os critérios que levaram em conta aspectos como como direção segura, econômica e relacionamento com o passageiro.

Estes critérios tiveram como base o Programa Viagem Segura, da SPTrans. Assim, foram eleitos motoristas que não se envolveram em acidentes, não receberam multas de transporte e trânsito e nem receberam reclamações de passageiros.

O evento tem patrocínio da empresa de tecnologia CittaMobi, da fabricante de ônibus elétricos BYD, da encarroçadora Caio e da montadora Mercedes-Benz.

b5a15d51-f106-4e06-8257-790daaed2250

SPTrans tem um coral. Integrantes animaram cerimônia. Foto: Adamo Bazani

Os motoristas que foram contemplados vão conhecer como são fabricados os chassis da Mercedes-Benz, em São Bernardo do Campo, no ABC, e as carrocerias Caio, em Botucatu, no interior paulista.

A iniciativa surgiu em 2018 para reconhecer os destaques de 2017 como forma de valorizar o comprometimento dos profissionais.

O presidente do SPUrbanuss, Francisco Christovam, ressaltou que a valorização dos motoristas de ônibus é algo que deve vir de empresas, passageiros e condutores de outros veículos.

De acordo com Christovam, o trânsito e o relacionamento com os usuários têm sido os maiores desafios dos profissionais de volante.

“Eu não posso deixar de mencionar a questão da civilidade do nosso cliente. As pessoas hoje estão muito atrasadas, sempre estressadas, estão desconcentradas, preocupadas com responder mensagem no celular e etc. Então elas acabam dispensando um tratamento e um comportamento junto a essa pessoa que vai conduzir o destino dessa viagem muito ríspido. Não cumprimenta a pessoa, reclama de qualquer coisa. Se o motorista é forçado a uma freada brusca as pessoas ligam no 156 dizendo que o motorista está dirigindo mal porque deu uma freada brusca”, afirmou Christovam.

Na apresentação do evento, o secretário de Mobilidade e Transportes da cidade de São Paulo, Edson Caram, falou também sobre a licitação dos serviços de ônibus da cidade.
De acordo com Caram, um dos objetivos do certame é romper com práticas antigas do setor.

“A licitação vai além de uma relação comercial entre empresas e prefeitura. É a implantação de um novo modelo. Vamos deixar para trás velhos hábitos que comprometem a imagem do sistema”, disse Caram.

9e9a30a1-72dc-4982-8402-c25d02d5cbc1

Secretário de Mobilidade e Transportes da cidade de São Paulo, Edson Caram fala em compromissos com melhorias nos serviços de ônibus. Foto: Adamo Bazani

O presidente da SPTrans, Paulo Cézar Shingai, disse que ao longo de sua experiência no setor de transportes percebeu a necessidade de valorização dos motoristas, além das obrigações contratuais. Quando não há problemas, às vezes os profissionais se sentem invisíveis na correria do dia a dia da multidão que transportam.

“Eles sentem uma invisibilidade, meio de escanteio. E são peças fundamentais para a qualidade e mobilidade, então temos que valorizar sim, não só eles como outras categorias também”, afirmou Shingai.

b2cd2425-2c1b-408a-9a54-c7ae4606c1ac

MOTORISTAS

O motorista de ônibus José Adail foi homenageado pela primeira vez neste ano e afirmou que ficou emocionado e feliz por ter sido reconhecido no exercício de sua profissão.

“O bom motorista é aquele humilde, que respeita a todos os passageiros, independente do tipo de passageiro. Também dá atenção a quem mais precisa, a quem está estressado, para que ele tenha uma viagem e um dia melhor”, afirmou.

Também pela primeira vez, o motorista José Carlos Ferraz foi homenageado na premiação e ressaltou que a família sentiu orgulho. Há 50 anos o profissional dirige ônibus e começou a carreira segurando o volante de um Alfa Romeo.

“Comecei em uma pedreira em Guaianases. Meu sonho sempre foi o transporte. Tanto que estou até hoje”, afirmou, emocionado.

As mulheres também marcaram presença na lista de motoristas homenageados. É o caso de Vanessa Marília de Souza, que trabalha na Transwolff há 16 anos.

“Para mim é maravilhoso, aprendi a ser o que sou hoje com o meu pai, que hoje não está mais conosco, mas foi nele que me espelhei para me tornar a grande profissional que sou hoje”, afirmou a motorista.

Vanessa brincou que o filho de 12 anos quer dirigir, inspirado na mãe. Portanto, há grandes chances de a geração de motoristas continuar na família.

Confira a lista de motoristas homenageados:

Empresa Área Nome
Viação Santa Brígida 1 Agenor Silva Santos
Viação Gato Preto 1 Claudio Seabra Ribeiro
Spencer Transporte 1 Diosvaldo Gonçalves de Oliveira
Norte Buss Transportes 1 Marcelo Aparecido Perez Fernandes
Sambaiba Transportes 2 Antônio Amaro dos Santos
Spencer Transporte 2 Joselito da Costa Vital
Norte Buss Transportes 2 Geraldo Nogueira dos Santos Filho
VIP Transportes 3 Israel Neves do Nascimento
UPBus Qualidade em Transportes 3 Ronaldo Ávila da Silva
Transunião Transportes 3 Vitor Santana Longo
ETU Expandir Transportes 3 Raimundo Fagundes Nascimento
Ambiental Transportes 4 Elton Francisco Diniz Pontes
Express Transportes 4 José Carlos Ferraz
Allibus Transportes 4 Fabio Zamami Amorim
Pêssego Transporte 4 Isaias Bojczuk
Via Sul Transportes 5 Nilo Braga Serafim
Imperial Transportes 5 José Dias de Oliveira
MoveBuss 5 José Carlos Pereira da Silva
Viação Cidade Dutra 6 Edmilson Pereira Ferraz
Transwolff Transportes 6 João Ricardo Cezimbra do Nascimento
Mobibrasil 6 José Adail Fernandes Souza
Mobibrasil (TUPI) 6 Luciana de Souza Silvério
A2 Transportes 6 Luiz Aparecido Martinez
Ambiental (Viação Campo Belo) 7 Aurindo Costa dos Santos
VIP Transportes 7 José Luiz da Costa e Silva
Viação Gatusa 7 Damião Roberto Soares
KBPX (Transkuba) 7 Sidiel Florentino de Barros
Transwolff Transportes 7 Vanessa Marília de Souza
Transppass Transportes 8 Maurício Gregorio dos Santos
Viação Gato Preto 8 Carlos Alberto Cesario
Auto Viação Transcap 8 Damião Ferreira da Silva
Alfa Rodobus 8 Pedro Araújo Ferreira

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. paulo disse:

    faltou citar quais linhas eles trabalham …

Deixe uma resposta