Greve de ônibus de Teresina chega a paralisar 100% da frota nesta quarta-feira

A categoria pede um aumento de 8,5%, mais o aumento da frota de ônibus que circulam por Teresina. Foto: Divulgação.

Sem negociação quanto ao reajuste de salário, paralisação chega ao terceiro dia

JESSICA MARQUES

A greve de ônibus em Teresina, no Piauí, chegou ao terceiro dia nesta quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019. No início do dia, os rodoviários decidiram paralisar 100% da frota.

Nenhum ônibus saiu das garagens após não haver negociação quanto ao reajuste de salário. A categoria pede um aumento de 8,5%, mais o aumento da frota de ônibus que circulam por Teresina.

O pagamento dos trabalhadores ainda não foi feito, de acordo com o Sintetro (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviários de Teresina). Também não houve sinal de negociação com o Setut (Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina).

Mesmo após reunião com os empresários no Tribunal Regional do Trabalho na noite de terça-feira, 05 de fevereiro de 2019, não houve acordo entre as partes.

No primeiro dia de paralisação, somente 30% da frota circulou na capital, por decisão dos rodoviários.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/02/04/greve-em-teresina-comeca-com-frota-de-onibus-reduzida/

Segundo informações da Prefeitura, 110 veículos foram cadastrados para atender os usuários.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/02/05/em-segundo-dia-de-greve-prefeitura-de-teresina-cadastra-110-veiculos-para-atender-passageiros/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta