Vereadores querem “tarifa do madrugador” para os ônibus de São Paulo

Tarifa reduzida valeria entre 04h e 06h pelo projeto. Foto: Adamo Bazani (Diário do Transporte) / Clique para Ampliar

Duas comissões aprovaram a proposta. Cobrança diferenciada já existe no sistema de trilhos

ADAMO BAZANI

Vereadores da capital paulista querem que o sistema de ônibus da cidade tenha a “tarifa do madrugador”.

A proposta é do vereador Mário Covas Neto e já recebeu parecer favorável das comissões de “Trânsito, Transporte, Atividade Econômica, Turismo, Lazer e Gastronomia” e de “Comissão de Finanças e Orçamento”.

Ainda faltam as análises de outras comissões até a votação em plenário, o que pode ocorrer ainda neste ano.

O projeto determina que a tarifa do madrugador não poderá custar mais que 77% da tarifa comum vigente e compara a cobrança diferenciada ao que ocorre com a CPTM no início das operações.

Ainda de acordo com a proposta, a tarifa de valor reduzido seria aplicada entre 04h e 06h de segunda-feira a sábado.

Na CPTM, o Bilhete Madrugador é das 4h às 5h35 e, no Metrô, das 04h40 às 06h15.

O projeto não leva em conta as linhas de ônibus da rede da madrugada, que funcionam da meia noite às 04h00.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta