Rodízio de veículos na capital paulista é retomado nesta segunda-feira

Fiscalização sobre carros e motos está suspensa desde 21 de dezembro, por conta das férias

JESSICA MARQUES

Quem dirige por São Paulo deve ficar atento, pois o rodízio de veículos na capital paulista será retomado nesta segunda-feira, 14 de janeiro de 2019. A fiscalização sobre a circulação de carros e motos por final da placa está suspensa desde 21 de dezembro na cidade, por conta do período de férias e fim de ano.

A operação restringe a circulação de veículos no Anel Viário da Cidade nos períodos da manhã, das 7h às 10h, e da tarde, das 17h às 20h. A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) disponibilizou os trechos em que há a restrição.

Durante o rodízio os veículos ficam impedidos de circular no Centro Expandido, incluindo as vias que delimitam o chamado Mini Anel Viário, formado pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D´Esccragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf, de acordo com a tabela a seguir:

 Dia da Semana Segundas

Feiras

Terças

Feiras

Quartas

Feiras

Quintas

Feiras

Sextas

Feiras

Placas finais 1 e 2 3 e 4 5 e 6 7 e 8 9 e 0
pyejhvgl1206167912200413385

Região em que há rodízio de veículos. Foto: Divulgação

“Transitar em locais e horários não permitidos pela regulamentação prevista no Código de Trânsito Brasileiro implica  infração de trânsito de nível médio, resultando em multa no valor de R$ R$ 130,16 e acréscimo de 4 (quatro) pontos no prontuário do motorista”, informou a CET, em nota.

Também em nota, a CET informou que as restrições para caminhões e ônibus e vans de fretamento foram aplicadas normalmente neste período. Apenas os veículos de passeio tiveram as regras alteradas.

Desta forma, as restrições de Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF), que já estavam em vigor, continuam valendo.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: