Porto Alegre tem nova faixa preferencial para ônibus a partir desta segunda-feira

Porto Alegre, RS 11/01/2019: Entra em operação, a partir desta segunda-feira, 14, a faixa preferencial para o deslocamento de ônibus na avenida Ipiranga, no trecho de 900 metros, sentido Centro / bairro, entre as avenidas Elias Cirne Lima e Antônio de Carvalho. A medida faz parte do Programa de Priorização do Transporte Coletivo, que identificou os principais gargalos do trânsito da Capital. Foto: EPTC/PMPA

Trecho possui 900 metros na avenida Ipiranga

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Porto Alegre informou que a capital terá uma nova faixa preferencial para ônibus a partir desta segunda-feira, 14 de janeiro de 2019. A operação ocorre com um trecho de 900 metros, sentido Centro/bairro, situado entre as avenidas Elias Cirne Lima e Antônio de Carvalho.

Segundo a Prefeitura, a medida faz parte do Programa de Priorização do Transporte Coletivo, que identificou os principais gargalos do trânsito da Capital.

“Nesses locais, foram desenvolvidos estudos para melhorar a mobilidade, sendo o da avenida Ipiranga o primeiro a ser concluído e, agora, implementado. A redução prevista no tempo do deslocamento dos ônibus no trecho será de 70%.”

Após a mudança, o trecho, que recebeu demarcação com uma sinalização azul contínua, será preferencial a circulação de ônibus das 16h às 20h, de segunda a sexta-feira, incluindo o trânsito dos lotações. A circulação dos demais veículos somente será permitida para acessos e conversões ou fora do horário regulamentado.

A Prefeitura informou ainda que, por conta de reclamações de usuários de ônibus sobre o uso inadequado de veículos nas demais faixas preferenciais existentes na cidade, a EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação de Porto Alegre) irá monitorar a circulação, além da presença dos agentes no local, agora também via câmeras, com possibilidades de autuação para quem não respeitar a sinalização. As autuações, via câmera, se estendem também para as demais faixas da capital.

O tempo médio para percorrer os 900 metros, sem a faixa, nos horários de intenso movimento, é de 12 minutos. Com a faixa, a expectativa é que os ônibus percorram o mesmo trecho, e nos mesmos horários, em três minutos, conforme diagnóstico dos engenheiros de tráfego da EPTC.

“A faixa também deve reduzir em 15% (9 minutos) o tempo médio de viagem de cada linha”, explicou o gerente de Planejamento de Transporte da EPTC, Flávio Tumelero Júnior, em nota.

Diariamente, mais de 23 mil usuários de transporte coletivo usam as seis linhas que circulam na região.

Segundo o Artigo 184 do Código de Transito Brasileiro (CTB), a circulação dos demais veículos, na faixa ou via de tráfego preferencial, é considerada infração gravíssima, passível de multa de R$ 293,27 e sete pontos na CNH, com previsão de recolhimento do veículo.

Além da avenida Ipiranga, Porto Alegre também possui faixa preferencial para ônibus em Icaraí, Nonoai, Cavalhada, Bento Gonçalves, Brasil e Assis Brasil.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: