Metrô de Teresina estuda ampliação de horário de funcionamento

Após abaixo-assinado com três mil assinaturas, companhia informa que terá definição sobre mudanças até quarta-feira

JESSICA MARQUES

O Metrô de Teresina, no Piauí, pode ter ampliação no horário de funcionamento ainda neste ano. Após abaixo-assinado com cerca de três mil assinaturas dos moradores do bairro Renascença, zona Sudeste da capital, a companhia informou que terá uma definição sobre mudanças no atendimento até quarta-feira, 26 de dezembro.

O documento solicita que a última viagem do metrô nos dias da semana passe de 18h para às 19h. A população também pede a circulação de trens aos sábados, o que não ocorre atualmente.

O documento foi entregue pelo vereador Inácio Carvalho ao diretor-geral da CMTP (Companhia Metropolitana do Piauí), Antonio Sobral.

“Principalmente em relação a essa viagem aos sábados, as pessoas sentem da falta desse meio de transporte porque, às vezes, elas querem vir ao Centro fazer compras, mas têm que usar ônibus porque o metrô não funciona nesses dias. Por isso, de forma organizada, pedimos aos moradores que fizessem um abaixo-assinado, uma reivindicação justa e popular para o uso do meio de transporte, que é de grande eficiência”, disse Inácio Carvalho, por meio de nota.

O diretor-geral do metrô, Antonio Sobral, por sua vez, recebeu o documento e garantiu que todas as reivindicações serão atendidas, mas não precisou de que maneira as mudanças vão ocorrer.

Com os três novos trens que chegaram para atender a zona Sudeste de Teresina, mais pessoas passaram a usar o metrô como transporte, segundo Sobral.

“A companhia fica muito satisfeita com esta solicitação, pois o sistema está na cidade para beneficiar a população e nada mais gratificante do que saber que ela própria peça para que o serviço seja ampliado e melhorado. Já estamos fazendo uma análise da grade de movimentação dos trens durante a semana e até quarta-feira estaremos com a resposta. Em relação aos sábados, estamos fazendo a simulação com os trens para que, no início de 2019, essa operação seja viabilizada”, afirma Antonio Sobral.

MODIFICAÇÃO EM ESTAÇÃO DO METRÔ DO ILHOTAS

Outra mudança no Metrô de Teresina já foi confirmada pelo governador Wellington Dias, que aprovou na sexta-feira, 21 de dezembro, o projeto de modificação da estação de metrô do bairro Ilhotas.

A mudança tem como objetivo alterar o trajeto para facilitar o deslocamento dos pacientes do Centro Integrado de Reabilitação. O projeto será realizado por iniciativa do Centro em parceria com a Companhia Metropolitana de Transporte.

O projeto está orçado em R$ 200 mil. A conclusão da obra está prevista para o primeiro semestre de 2019.

Com a mudança, os passageiros vão poder desembarcar a apenas 50 metros do prédio do Centro de Reabilitação, segundo informações do Governo do Estado do Piauí.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta