Secretário de Transportes e da Mobilidade Urbana de Osasco é morto na Grande SP

Foto: Alesp

Osvaldo Vergínio levou seis tiros; Polícia Civil investiga circunstâncias do crime

ALEXANDRE PELEGI

O secretário de Transportes e da Mobilidade Urbana de Osasco, Osvaldo Vergínio, 55 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira, dia 20 de dezembro de 2018, após levar seis tiros na cidade da região metropolitana de São Paulo.

A Polícia Militar informou que a vítima chegou a ser levada para o pronto-socorro, mas não resistiu.

Osvaldo foi vítima dos disparos após sair de uma festa de confraternização com amigos. O criminoso o abordou em um veículo branco, e após os tiros fugiu do local.

Osvaldo Vergínio, que ocupava a pasta de Transportes e da Mobilidade Urbana desde fevereiro de 2018, ingressou na Polícia Militar do Estado de SP em 1981, sendo depois vereador de Osasco e presidente da Câmara. Elegeu-se deputado estadual pelo Partido Ecológico Nacional (PEN), atual Patriota, em 2010 com 64.242 votos. Em 2016 se candidatou a prefeito da cidade, quando teve apenas 5% dos votos no primeiro turno. A Secretaria da área de Transportes foi seu último cargo público.

A Polícia Civil investiga as circunstâncias da morte do secretário.

Alexandre Pelegi, jornalista especialista em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta