Viaduto que cedeu na marginal vai ser recuperado em cinco meses e obras vão custar R$ 30 milhões

Um “degrau” de quase dois metros foi formado no viaduto. Foto: Estadão Conteúdo.Foto: URIEL PUNK/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Apoios dos pilares vão ser alargados e vigas serão consertadas, além de outros dois pontos que estão com problemas

ADAMO BAZANI

A prefeitura de São Paulo anunciou na manhã desta segunda-feira, 17 de dezembro de 2018, que a recuperação do viaduto na Marginal Pinheiros na região do Jaguaré, que cedeu no último dia 15 de novembro, vai demorar em torno de cinco meses.

Com isso, os motoristas devem continuar encontrando tráfego complicado nas imediações e os passageiros da linha 9-Esmeralda da CPTM enfrentando velocidade reduzida entre as estações Vila Lobos-Jaguaré e Cidade Universitária.

Ainda de acordo com a prefeitura, o custo para recuperar o viaduto será de aproximadamente R$ 30 milhões. Se fosse construído um novo viaduto, o valor seria de R$ 70 milhões, ainda de acordo com a gestão Bruno Covas.

Entre as intervenções previstas estão a ampliação da largura dos apoios (cabeça) dos pilares, reparos das vigas e de outros dois pontos afetados do viaduto.

Também na manhã desta segunda-feira, o IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas e o MPSP – Ministério Público de São Paulo iniciaram uma vistoria no local e vão acompanhar os reparos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta