Faixa Azul volta a ser exclusiva para transporte coletivo em Manaus a partir de sábado

Faixa Azul, com mais de três quilômetros, não poderá ser utilizada das 4h às 22h durante a semana. Foto: Divulgação.

Vias estavam liberadas para todos os veículos desde março por conta de obras na avenida Djalma Batista

JESSICA MARQUES

A Faixa Azul vai voltar a ser de uso exclusivo para o transporte coletivo a partir deste sábado, 24 de novembro de 2018, em Manaus. A mudança ocorre nas avenidas Constantino Nery, Torquato Tapajós e Mario Ypiranga Monteiro (antiga Recife).

As faixas dessas três vias estavam liberadas para todos os veículos desde março deste ano, por conta de obras executadas na avenida Djalma Batista.

Entretanto, a Prefeitura de Manaus anunciou que a Faixa Azul volta a funcionar neste fim de semana, após dez dias de orientações aos motoristas sobre a alteração.

De acordo com informações do Manaustrans, o motorista que circular na faixa exclusiva fora dos horários e dias permitidos comete infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Com a mudança, a Faixa Azul, com mais de três quilômetros, não poderá ser utilizada das 4h às 22h durante a semana. Aos sábados a partir do meio-dia, aos domingos e feriados, todo tipo de veículo pode passar pelo local.

Além do transporte público, também está permitido o uso da Faixa Azul para táxis, veículos especiais, de fretamento, transporte de tropa e equipamento bélico das forças armadas, guincho em serviço de remoção e veículos de urgência e emergência, devidamente identificados.

Esta é a segunda vez em que é anunciado o retorno das fiscalizações na Faixa Azul na Constantino Nery, Torquato Tapajós e Mário Ypiranga Monteiro desde o início das obras de substituição da rede de drenagem da Djalma Batista.

Inicialmente, as regras da faixa exclusiva para ônibus passariam a valer a partir de 24 de agosto, mas a data foi adiada.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: