Mercado de ônibus usados recua 4,35% no acumulado, mas reage em outubro

Mercado de ônibus usados tende a ganhar mais ritmo no final do ano. Foto: Google

Segundo Fenabrave, foram comercializados nos dez primeiros meses deste ano, 38.948 ônibus seminovos

ADAMO BAZANI

Enquanto as vendas de ônibus novos estão em pleno crescimento, recuperando parte das perdas acumuladas entre 2014 e o primeiro semestre de 2017, o mercado de ônibus usados recua no ano.

De acordo com a Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, entidade que reúne as concessionárias e revendedoras, as vendas de ônibus usados no acumulado entre janeiro e outubro deste ano (dado mais recente) registraram um volume de 38.948 unidades, número 4,35% menor que as 40.721 unidades de semelhante período do ano passado.

O mercado de ônibus é o único que registra queda no acumulado do ano. Segundo a Fenabrave, os outros segmentos estão até o momento com resultados positivos: carros (+0,42%), comerciais leves (+1,4%), caminhões (+5,19%), motos (+0,35%) e implementos rodoviários (16,08%).

Já a alta no mercado de ônibus zero quilômetro é expressiva, 27,28% em relação ao mesmo período de 2017 (janeiro a outubro), mas com o volume menor que a metade dos ônibus usados: 15.337 unidades ante 38.948 dos usados.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2018/11/01/emplacamentos-de-onibus-acumulam-alta-de-2728-em-10-meses-diz-fenabrave/

Com a desaceleração esperada no último trimestre das vendas de ônibus novos, o mercado de usados deve voltar a ganhar ritmo.

Entre setembro e outubro, ainda segundo a Fenabrave, a alta foi de 10,28%. Em setembro, foram vendidas 3.608 unidades e, em outubro, 3.979 ônibus usados.

RANKING:

A posição das marcas entre os ônibus usados é bem semelhante ao ranking dos ônibus novos com Mercedes-Benz, Volkswagen e Volare ocupando as primeiras colocações:

1º) Mercedes-Benz: 55,03% de participação no mercado.

2º) Volkswagen: 19,02% de participação no mercado.

3º) Volare: 11,64% de participação no mercado.

4º) Scania: 5,46% de participação no mercado.

5º) Volvo: 2,99% de participação no mercado.

6º) Agrale: 2,58% de participação no mercado.

Outros: 3,28% (somados)

Adamo Bazanii, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: