Após CS Brasil deixar Itaquaquecetuba e Expresso Planalto entrar, prefeitura diz que vai fazer licitação

Ônibus, funcionários e linhas foram assumidos por grupo mineiro. Garagem continua com CS Brasil/Júlio Simões. Foto: Diego Alexandre de Morais/Clique para ampliar

Segundo poder público, em cerca de 15 dias, as linhas gerais da licitação devem ser apresentadas. Troca de empresas ocorreu a dois dias do fim do contrato

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo, anunciou que em aproximadamente 15 dias vai apresentar as linhas gerais de uma licitação do sistema municipal de ônibus.

O anúncio ocorre há exatos dez dias após a troca de empresas da cidade.

Como mostrou o Diário do Transporte em primeira mão, a CS Brasil, do Grupo JSL – Júlio Simões, passou as operações para o Grupo CSC, da qual faz parte a Expresso Planalto, de Minas Gerais.

O grupo mineiro assumiu as linhas, os ônibus e os funcionários da CS Brasil. A garagem continua com o Grupo JSL, proprietário da CS Brasil.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2018/11/08/grupo-jsl-diz-que-fim-das-operacoes-da-cs-brasil-em-itaquaquecetuba-foi-decisao-estrategica/

De acordo com a prefeitura, o contrato com a CS Brasil (Grupo JSL) foi assinado em 1998. Em 2008, foi renovado por mais dez anos.

A transferência das operações, funcionários e ônibus da CS Brasil para o grupo CSC ocorreu a dois antes do fim de contrato, ainda segundo a administração municipal.

De acordo com a prefeitura, a nova empresa poderá ficar operando até a assinatura de um novo contrato após a licitação.

QUATAI COM JSL NA SOCIEDADE:

No âmbito da mudança no sistema,  surgiu a Quatai Transporte de Passageiros SPE LTDA.
De acordo com a Junta Comercial do Estado de São Paulo, a “nova empresa”, constituída em 25 de setembro de 2018, tem o Grupo JSL na sociedade.
Aparecem como sócios: Denys Marc Ferrez, Fábio Albuquerque Marques Velloso, JSL Empreendimentos Imobiliários Ltda. e JSL S.A.
O Grupo JSL é proprietário da CS Brasil.

Por motivo de segurança pessoal, os endereços e dados documentais relacionados aos nomes foram omitidos pela reportagem, apesar de os documentos da Jucesp – Junta Comercial de São Paulo serem públicos.

 

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

5 comentários em Após CS Brasil deixar Itaquaquecetuba e Expresso Planalto entrar, prefeitura diz que vai fazer licitação

  1. Esperamos é que esse transporte público que a anos desrespeita o usuário, venha conhecer que assim como precisamos dele, eles precisam mais de nós,todas as revindicações do ministério público seja atendida.Ou seja,menor tempo de espera,mais veículos e com boa qualidade, integração ônibus/ônibus e ônibus/trem, mais linhas de ônibus que realmente atenda todos os bairros, diminuição de tempo de espera, capacitação dos profissionais, canais de relacionamento que realmente nós atenda e a mesma tarifa, visto que essa já é muito cara por anos de péssimo serviço!

  2. Adamo, por que a CS Brasil vem deixando de operar em algumas cidades? Ela já deixou a EMTU aqui em SP e agora em Itaquá. Daqui a pouco fará isso em São José dos Campos também

  3. Yasmin Rodrigues do Nascimento // 11 de novembro de 2018 às 11:23 // Responder

    Será que o ônibus via Etec irá voltar?

  4. Espero que essa nova licitação, traga avanços para as linhas que vão transitar pela cidade, por que como já foi dito, a CS Brasil estava longe de ser a prestadora de serviços dos sonhos, mas ainda assim estavam sendo bem paga para isso. Espero que criem mais alternativas para outros bairros, aumente o numero de ônibus para a cidade toda e não só para um bairro em especifico, que seja carros com o mínimo de tecnologia. já que quem vem do centro de São Paulo pra quem sente o atraso que ainda temos com relação a transporte publico.

  5. O transporte público em Itaquá está péssimo, com má qualidade, meu filho perdeu o horário da escola ficou uma hora no ponto e não passou nenhum ônibus, quando nesse período era pra ter passado dois, e no domingo ele perdeu a prova do ENEM por não passar ônibus no horário devido. Como se não bastasse os ônibus não estão fazendo integração. esse preço da passagem é um absurdo pelo que a empresa oferece…

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: