Ninguém se interessou por área da antiga estação São Miguel e CPTM deve tentar nova licitação

Moradores chegaram a pedir Poupatempo para a área – Foto: Mural Folha de São Paulo.

Área poderia receber novos prédios. Outorga seria de R$ 1 milhão

ADAMO BAZANI

Não houve apresentação de propostas na licitação pela qual a CPTM tentava conceder à iniciativa privada a área da antiga estação São Miguel, da linha 12 – Safira, na zona Leste de São Paulo.

A sessão ocorreu no dia 06 de novembro.  A companhia de trens deve reformular os termos do edital e tentar uma nova licitação.

A antiga estação de São Miguel Paulista tem 21 mil metros quadrados e, pela proposta, a laje poderia ser aproveitada para fins comerciais. A licitação também previa a possibilidade de a empresa ou consórcio vencedor construir novas edificações no espaço.

A companhia exigia neste primeiro edital uma outorga de cerca de R$ 1 milhão e o pagamento mensal de uma espécie de “aluguel” de R$ 77 mil (nos valores de hoje) ou, 7% do faturamento do bruto do negócio, o que somar maior valor.

O contrato seria de 35 anos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: