Metrô de São Paulo recebe Selo de Direitos Humanos e Diversidade

Esta é a primeira edição da premiação, promovida pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania

JESSICA MARQUES

O Metrô de São Paulo recebeu o Selo de Direitos Humanos e Diversidade na noite desta segunda-feira, 5 de novembro de 2018. A premiação é promovida pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania e está na primeira edição.

O selo começou a ser entregue às empresas públicas, privadas e do terceiro setor, pelas adoção de boas práticas no atendimento ao cliente. O critério foi o respeito dos direitos da pessoa humana, a diversidade e a promoção de inclusão.

“O Metrô foi reconhecido pelas iniciativas voltadas à valorização e à garantia de direitos das pessoas idosas e as ações desenvolvidas para o atendimento como o Programa de Visitas Experiente Cidadão, as Campanhas de Prevenção de Quedas, de Cidadania e as Estratégias de Embarque Preferencial, destacadas pelos avaliadores”, informou a companhia, em nota.

O Selo de Direitos Humanos e Diversidade foi instituído pelo Decreto nº 58.180, de 05 de abril de 2018. Com mais de 133 iniciativas inscritas e após uma criteriosa avaliação, foram premiadas 55 iniciativas, sendo 35 empresas, 16 entidades do terceiro setor e 4 órgãos públicos, distribuídas entre as 10 categorias do Selo.

A premiação ocorreu na Sala do Conservatório, que fica na Praça das Artes (Av. São João, 281, Centro de São Paulo).

Confira aqui a publicação no Diário Oficial.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

1 comentário em Metrô de São Paulo recebe Selo de Direitos Humanos e Diversidade

  1. O Selo recebido é meritório e faz jus ao Metrô.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: