Aplicativo de transporte exclusivo para mulheres chega a Maceió em novembro

FemiDriver surgiu em Pernambuco, foi para Minas Gerais, Paraíba e Espírito Santo

JESSICA MARQUES

Um aplicativo de transporte exclusivo para mulheres chega a Maceió, em Alagoas, no dia 26 de novembro deste ano. O FemiDriver tem como objetivo deixar as passageiras mais seguras quando vão ser transportadas, evitando casos de assédio sexual.

O FemiDriver surgiu em Pernambuco, foi para Minas Gerais, Paraíba e Espírito Santo. Em Recife, o aplicativo funciona desde 2 de abril deste ano e está previsto para chegar em Aracaju no segundo semestre.

Segundo a idealizadora do projeto, Claucione Lemos, a ideia de negócio surgiu em Pernambuco a partir de relatos de mulheres sobre o assédio nos transportes. O aplicativo foi lançado neste ano.

Para fazer o cadastro como motorista, é preciso apresentar pelo aplicativo a Carteira Nacional de Habilitação, um comprovante de residência, certidão criminal e documentos do veículo.

A empresa oferece treinamento, com informações sobre políticas de prevenção à violência contra a mulher, palestra de boas maneiras no trânsito e esclarecimento de dúvidas com a assessoria jurídica, segundo informações de Claucione Lemos.

As motoristas do FemiDriver também têm direito a benefícios, como descontos em postos de gasolina, lava-jatos e clínicas médicas associadas ao aplicativo.

O valor para ser transportada pelo FemiDriver é de R$ 2,50 mais R$ 1,20 por quilômetro rodado, além de R$ 0,14 por minuto de deslocamento. O valor mínimo de cada corrida é de R$ 6,75.

O pagamento poderá ser feito por meio de cartão de crédito ou em dinheiro. Também será possível compartilhar o trajeto via aplicativo com alguém, para aumentar a segurança da viagem.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta