TCM suspende licitação que iria contratar empresas para a manutenção de quase 4,7 mil km de vias por onde passam ônibus na cidade de São Paulo

Serviços englobam manutenção de corredores à esquerda, faixas à direita e vias comuns. Foto: Adamo Bazani (Diário do Transporte)/Clique para Ampliar

Previsão era de entrega das propostas das concorrentes nesta segunda-feira, 22. Prefeitura tem prazo de 15 dias para responder

ADAMO BAZANI

O TCM – Tribunal de Contas do Município determinou a suspensão de uma concorrência lançada pela SPTrans – São Paulo Transporte para a contratação de uma empresa ou consórcio para realizar a manutenção de 4,7 mil km de asfalto e concreto em vias por onde passam ônibus na cidade, entre corredores, faixas à direita e ruas e avenidas com tráfego comum.

Deste total, 148,6 km são de pavimento rígido (concreto) dos corredores de ônibus segregados, 101,5 km de asfalto nos corredores à esquerda, 512,2 km de faixas exclusivas e 4 mil km demais vias comuns que são atendidas pelo transporte público por ônibus.

A previsão era de entrega das propostas nesta segunda-feira, 22 de outubro de 2018.

O número da licitação é o 04/2018 e o edital foi lançado em 27 de setembro.

Segundo o órgão de contas, há suspeitas de irregularidades como ausência de definição exata dos serviços , quantidades de materiais e quilometragem para cada tipo de intervenção, previsão de penalidades que podem diminuir o interesse de mais empresas, limitando assim a concorrência; e necessidade de esclarecimento de planilhas e cálculos para remuneração.

O TCM deu 15 dias para a SPTrans responder.

Depois, a área técnica do TCM vai analisar as respostas para fazer um relatório que será analisado pelo conselheiro responsável, Edson Simões, que não tem prazo para dar um parecer quanto à liberação ou permanência da suspensão.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em TCM suspende licitação que iria contratar empresas para a manutenção de quase 4,7 mil km de vias por onde passam ônibus na cidade de São Paulo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: