Estudantes têm duas semanas para solicitar Passe Livre da EMTU

Pedidos para cotas de novembro e dezembro devem ser feitos até 31 de outubro

JESSICA MARQUES

Os estudantes do estado de São Paulo têm mais duas semanas para solicitar o Passe Livre da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos). O Passe Escolar, que dá direito à meia tarifa, também segue o mesmo prazo.

Os pedidos para as cotas de novembro e dezembro devem ser feitos até 31 de outubro, segundo a EMTU. Para realizar o pedido, basta entrar no site www.emtu.sp.gov.br e solicitar o benefício.

O Passe Livre pode ser utilizado em ônibus intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo e em outras quatro localidades: regiões metropolitanas de Sorocaba, Campinas, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Litoral Norte. A meia-tarifa tem a mesma abrangência.

Cada região tem suas próprias regras e o professor ou aluno deve se cadastrar por meio do site www.emtu.sp.gov.br/passe.

Os benefícios tarifários são concedidos por meio do Cartão BOM Escolar, que é emitido após a solicitação feita na EMTU.

Confira abaixo as regras para obtenção do benefício:

 

COMO SOLICITAR

Para solicitar o Passe Livre por baixa renda, o interessado deve acessar o portal www.emtu.sp.gov.br e verificar se o seu perfil atende aos requisitos exigidos pela legislação.

Em caso positivo, deve preencher o formulário de cadastramento com a composição de renda familiar (rendimento de cada membro da família), situação ocupacional e encaminhar a documentação exigida que comprove todas as informações.

“Se a renda per capita for inferior a 1,5 salário mínimo (R$ 1.431,00), o cadastro é concluído e é gerado o boleto no valor de R$ 21,35. Se o solicitante não atender aos requisitos, o pedido pode ser feito para o Passe Escolar (meia-tarifa), com pagamento de taxa no mesmo valor”, informou a EMTU, em nota.

SOLICITAÇÃO DIGITAL

Em 2018, a solicitação do benefício passou a ser feita por meio digital. Os documentos devem ser digitalizados e anexados no momento em que o formulário online estiver sendo preenchido. A dica é que o estudante já deixe essa documentação salva em um arquivo no computador para agilizar o processo de envio das imagens à EMTU/SP.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: