Macaé (RJ) começa a cobrar tarifa integral de ônibus a partir deste sábado, dia 13

Publicado em: 12 de outubro de 2018

Cartão Macaé dá direito a tarifa a R$ 1. Foto: Rui Porto Filho

Usuários cadastrados no Programa Macaé Cidadão continuam pagando passagem a R$ 1,00

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Macaé, no Rio de Janeiro, divulgou no dia 9 de outubro de 2018 que a partir do próximo dia 20 passaria a cobrar o valor integral da tarifa de ônibus, no valor de R$ 3,05. Nesta quinta-feira, dia 11, a prefeitura decidiu antecipar esta data para amanhã, sábado, dia 13 de outubro.

Com a alteração, o preço das tarifas do Serviço Integrado de Transportes (SIT) passa para R$ 3,05 para quem não for cadastrado no Cartão Macaé. Para os que já se inscreveram, o valor da passagem continua mantido em R$ 1,00, graças ao subsídio bancado pela prefeitura.

Para pagar a tarifa a R$ 1,00 o passageiro precisa portar o Cartão Macaé e pagar o valor da tarifa em dinheiro.

Usuários de cartões como o RioCard serão debitados no novo valor.

O Cartão, antes extensivo a todo transporte público municipal, passa agora a ser exclusividade dos moradores da cidade que realizaram a inscrição no Programa Macaé Cidadão.

PROGRAMA MACAÉ CIDADÃO

O Programa Macaé Cidadão foi instituído pela lei municipal nº 4.483/2018 no dia 4 de junho de 2018. O objetivo é conceder aos moradores de Macaé, usuários do serviço de transporte público coletivo urbano municipal, devidamente cadastrados de acordo com os requisitos especificados, o benefício tarifário para pagamento da passagem no valor de R$ 1,00.

O benefício tarifário vale somente para os moradores da cidade que já tenham o Cartão e já o validaram após cadastro nos sistemas de biometria facial.

Antes com limitação de uso – o benefício poderia ser utilizado apenas quatro vezes por dia –, a partir de 6 de setembro deste ano a Prefeitura de Macaé decidiu liberar o uso do benefício. Em nota divulgada neste dia, a prefeitura comunicou a população: “A Prefeitura de Macaé informa que não haverá limitação de uso do Cartão Macaé, podendo o usuário cadastrado no Programa Macaé Cidadão utilizá-lo por número indeterminado de viagens no transporte público urbano. A prefeitura informa ainda que será garantido o benefício do pagamento da passagem a 1 real aqueles que realizarem o cadastramento até o dia 10 de setembro. Para isso, será necessária, ao utilizar o ônibus, a apresentação do protocolo de cadastro durante o prazo de confecção do cartão”.

O Programa consiste no subsídio financeiro aos usuários do transporte público coletivo urbano que residem no Município de Macaé, através do Sistema Integrado de Transporte Público do Município o pagamento da passagem no valor de R$ 1,00 (um real) concedido pela Lei nº 3.972/2013. Os munícipes que não fizerem o cadastramento no Programa Macaé Cidadão pagarão o valor integral da passagem.

Idosos acima de 60 anos já têm o direito à gratuidade no transporte coletivo por força de legislação especial e, portanto, não necessitam efetuar cadastramento no Programa Macaé cidadão.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. Francisco Antonio Braga Santana disse:

    Se a partir de 60 anos temos direito a gratuidade , porque a SIT teima em cobrar passagem para menores de 65 anos ?

Deixe uma resposta