Cidade francesa aposta em compra de novos trólebus para transporte sustentável

Modelo foi lançado na IAA, em Hannover.

Limoges adquire modelo Crealis In-Motion-Charging, da Iveco, que pode operar em até 40% do trajeto sem estar conectado na rede aérea. Na feira IAA, em Hannover, Diário do Transporte conferiu de perto o modelo

ADAMO BAZANI

Para o primeiro mundo, os trólebus continuam sendo alternativas interessantes para oferecer transporte de qualidade, com baixos custos e sem emissões locais de poluição e ruídos.

A cidade francesa de Limoges, por meio de sua empresa pública de transportes, anunciou acordo com a Iveco para fornecimento de trólebus da nova versão do modelo Crealis In-Motion-Charging.

Em nota, o presidente da Limoges Métropole, Gérard Vandenbroucke, disse que há mais de 50 anos a cidade aposta no sistema de trólebus e que pretende continuar com o modal. Hoje são 30 trólebus na cidade de 208 mil habitantes, mas a frota será ampliada.

“Como fiéis usuários de trólebus há muitas décadas, estamos muito satisfeitos em ser o primeiro na França a encomendar esta nova geração de veículos. A Crealis In-Motion-Charging confirma que a eletricidade é o caminho para a transição energética no transporte público“, disse segundo a nota da Iveco na Europa.

O negócio foi fechado durante a IAA, feira internacional de veículos comerciais, que ocorreu em Hannover, entre os dias 20 e 27 de setembro e teve cobertura do Diário do Transporte.

Alavancas são recolhidas por sistema automatizado

O modelo recebeu no evento o título de Ônibus Sustentável de 2019 e incorpora um novo design.

Mas as mudanças não são somente estéticas. A Iveco promete melhor desempenho e economia no consumo de energia, isso porque, há um sistema que permite uma utilização mais uniformizada da eletricidade ao longo do percurso, mesmo com diferença entre os trechos de uma mesma linha.

O trólebus possui baterias que são recarregadas enquanto o veículo está conectado à rede aérea.

Estas baterias acumulam energia suficiente para o trólebus conseguir circular de 25% a 40% sem estar ligado aos fios.

O veículo tem 18 metros de comprimento e capacidade para em torno de 170 passageiros.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em Cidade francesa aposta em compra de novos trólebus para transporte sustentável

  1. O modelo desse ônibus e muito bonito.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: